Que documentos devo apresentar na imigração da Irlanda?

Esta é uma das principais perguntas que recebo via e-mail, inbox no face ou nos comments do blog. Vejo que muita gente está com dúvida sobre que documentos apresentar na imigração da Irlanda quando chegar. Por isso, resolvi fazer um post com esta informação. Vai clarear a mente de muita gente. Se sua dúvida for relacionada a Stamp 4, clique aqui e veja este outro post.

Vamos lá. Primeiro é importante dizer que se você vai vir morar na Irlanda, você deve se preocupar em trazer o máximo de documentos possíveis referentes à esta mudança para apresentar na imigração quando chegar aqui e não ter nenhuma surpresa ou dor de cabeça. Ultimamente, infelizmente, temos ouvido muito sobre deportação de brasileiros da Irlanda. É um tema que tem chamado muito a atenção.

Então quais são os documentos que você deve apresentar à Imigração assim que chegar aqui?

São diversos, tudo depende da sua situação e da sua família. Vamos citar abaixo os principais.

Passaportes

Prazo de validade de pelo menos 6 meses para todos os passageiros. Isso já serve para o embarque. Se tiver com validade inferior a 6 meses, provavelmente você não sai nem do Brasil, a cia. aérea já barra.

Se você tem filho menor de idade e estiver viajando somente com um dos pais, lembre-se que precisará da autorização para isso. No caso do meu filho, a autorização já fica junto ao passaporte e tem a mesma validade. Mas o seu caso pode ser diferente. Verifique se você já requisitou a autorização junto com o passaporte ou precisará pedir a parte para a Polícia Federal. Não esqueça deste documento. Ele é fundamental.

Contrato de Trabalho

Se você ou seu cônjuge tem um contrato de trabalho com uma empresa aqui da Irlanda, você deve tê-lo em mãos.

No caso da pessoa que está vindo com o contrato de trabalho, se não for cidadão europeu, é primordial trazer o visto de trabalho que a empresa providenciou. Eles exigem o original na imigração, mas já vi casos que não deu tempo de receber o original no Brasil e a pessoa entrou com cópia. Porém, tomou aquele chá de cadeira. Portanto, para evitar qualquer problema, traga o original. Verifique com sua empresa.

Certidão de casamento

Como, em geral, somente um dos cônjuges vem com trabalho formal em um primeiro momento, você deve provar para a imigração que vocês são casados e por isso estão indo juntos. Só contar a historinha e mostrar as alianças não resolve. Pode até passar, mas você corre um grande risco de ser barrado. Inclusive conheço pessoas que não tiveram que apresentar nadinha, mas para que correr risco?

Documentos que não são irlandeses precisam ser apostilados para serem considerados originais. Não quer dizer que se você não trouxer apostilado não dará certo. Outro ponto é, todo e qualquer documento que não está em inglês, deve estar com tradução juramentada, já que eles não sabem português.

Caso você tenha união estável, este caso é mais delicado, mas traga o contrato entre vocês de cartório, traga-o traduzido também e explique bem a situação. Pois já ouvi alguns casos de pessoas que tiveram dificuldade com este tipo de documento. Portanto, se der, case antes de vir e não tenha dor de cabeça. rsrs

Certidão de nascimento dos filhos

Caso você seja papai ou mamãe, você também precisa trazer as certidões traduzidas e apostiladas, de preferência.

Passagem aérea de retorno

Preciso ou não?

Este caso tem que ser analisado caso a caso.

Se um dos cônjuges tiver um contrato de trabalho permanente com alguma empresa aqui da Irlanda, você pode vir sem passagem de volta mas terá que se explicar tanto no embarque para a cia. aérea (pois já há um filtro desde o Brasil) quanto para o agente de imigração aqui. Se você tem todos os documentos acima, você pode ficar despreocupado e vir sem a passagem de volta, assim como eu fiz.

Já se vocês estão de mudança para a Irlanda mas com contrato de trabalho temporário ou ainda vão procurar um trabalho, mesmo sendo cidadão europeu, você precisa de uma passagem de volta. Pois a imigração entende que você, com trabalho temporário, deveria ficar no país somente durante este período e se você não tem nem trabalho ainda, você será turista por 3 meses assim como qualquer outra pessoa. Então, neste caso, precisaria sim de passagem aérea para não ter problemas na imigração.

Resumo

Cada caso é um caso como citei acima, mas o resumo é o seguinte. Se você tem vínculo permanente com a Irlanda, você será residente e não precisará de passagem de volta, desde que consiga provar. No caso de não haver este vínculo permanente, a Irlanda te concederá um visto apenas para o período do contrato ou no caso, se não houver emprego, de 3 meses e você precisa de passagem de volta para esta data.

Documentos em português, no geral, não servem de nada, por isso, tragam os documentos sempre apostilados, traduzidos para evitar dor de cabeça. A tradução livre pode ou não ser aceita, a juramentada é uma garantia. Como citei, há casos que você nem precisa apresentar nada, mas você pode pegar um agente de imigração crica e pronto, a bagunça está feita.

Portanto, se você está vindo com trabalho, com tudo certinho, documentos em ordem, não precisa se preocupar. Apenas apresente os documentos acima e sua entrada e de sua família será liberada.

Se sentiram falta de alguma coisa, deixe seus comentários aqui embaixo ou entre em contato. E também se tiverem alguma experiência boa ou ruim na imigração e puderem compartilhar abaixo, é de grande ajuda para nossos amigos que estão chegando por aí!

Abraços e até mais!

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu email.

50 Replies to “Que documentos devo apresentar na imigração da Irlanda?”

  1. Oi Maria Helena, nós traduzimos os documentos, mas eu não apostilei porque os tradutores são de São Sebastião e acredito que eles não autenticaram, será que terei problemas?? O que acha?

    1. Maria Helena says: Responder

      Bom dia Raquel, tudo bem? Quase lá hein! Está chegando!
      Sinceramente, acho que não terá problemas. Se ainda der tempo de apostilar, sei que é caro, mas pelo menos você vem tranquila e se precisar deste documento para outra coisa, já está feito. Eles não olharam o apostilamento do meu documento quando eu cheguei. Eu acho que no fim, tudo bem. Se os outros documentos estiverem ok também. 🙂
      Bjs!!!

  2. Bom dia,
    Vamos para a irlanda em dois casais, Minha esposa e meu cunhado tem um irmão que mora a alguns anos na irlanda. (Todos eles são cidadãos europeus)
    No caso de uma carta convite, precisamos de uma por pessoa,uma por casal ou uma para o grupo?
    E no caso apresentando a carta convite podemos colocar nela o período que vamos ficar como turistas? (3 meses com passagem de volta comprada)

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Eder, tudo bem? Não entendi direito se virão como turista ou para morar. Mas se estamos falando de entrar como turista e ficar até 3 meses, em geral, vocês podem passar com um único agente de imigração e usarem uma única carta ou se preferirem passar por casal façam a carta por casal. Isso indifere. Muitas vezes eles nem pedem a carta, é mais para segurança. O importante é ter a passagem de volta principalmente.
      Nesta carta, feito pelos anfitriões, eles devem colocar os dados deles com endereço e telefone para contato dizendo que estão recebendo vocês (nome de todos e passaportes) da data tal até a data tal e que vocês ficarão hospedados na casa deles, se for o caso. Se não for o caso, não precisam de carta, precisam de reserva de hotel.
      A carta é para justificar não haver reserva de hotel basimente.
      Espero ter ajudado. Abs.

  3. Boa tarde, eu novamente aqui rs
    Gostaria de uma ajuda, já que acompanho o blog e acho que voce pode esclarecer melhor pra mim…
    Eu e minha esposa (ela tem cidadania européia) vamos para irlanda para tentar a vida, eu preocupado com o tempo que temos para conseguirmos a documentação para o stamp 4 pensei em comprar um intercambio lá para prorrogar este prazo.
    Gostaria de saber se isso é uma boa visto que em 3 meses (como turista) minha esposa teria que conseguir um emprego neste meio tempo, e teríamos que conseguir comprovante de residencia em nossos nomes,etc… para aplicação do meu visto…
    Resumindo:
    É bom eu me matricular em um curso lá caso se passe um mes e não conseguirmos os documentos necessários ou vale esperar que nesses 3 meses posso conseguir tranquilamente o stamp 4?
    Espero que tenha entendido o que escrevi… (meio confuso)
    Mas enfim, é isso.
    Obrigado

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Eder,

      Pensando numa forma geral, se sua esposa conseguir o emprego dentro dos 3 meses, você não precisa de um curso. Você pode até não receber o stamp 4 (provisorio) antes de vencer o seu visto de turista, mas você não estará ilegal porque entrou com o processo dentro do período. Normalmente após vc entrar com o processo, em duas semanas vc já recebe a carta e é só ir na imigração.
      Acho melhor ainda se você já deixar marcado na imigração pra 3 meses após sua chegada e qualquer coisa você cancela.
      Mas caso aproxime do fim dos 3 meses, aí você faz isso de comprar o curso.

      A única questão que penso aqui é se vai aceitar na imigração quê você está chegando na Irlanda sem passagem de saída. Se você é turista, não tem emprego e tals, teria que ir embora do país. Mas já vi muita gente que vem sem nada, só acompanhado do europeu.
      Se for possível, compre uma passagem baratinha da Ryanair para qualquer lugar só pra apresentar na imigração se pedirem (opcao).

      Abs

  4. Ok,
    Vou comprar passagem de volta pra Itália.
    Mas chegando na irlanda já aviso na imigração que vou aplicar o stamp4?

    obrigado

  5. Renan Passeto says: Responder

    Bom dia.
    Estou indo para a Irlanda com contrato de trabalho de 1 ano preciso da passagem de volta?
    E sobre escolas pro meus filhos vou traduzir a certidão de nascimento deles, o histórico escolar tem a necessidade também?

    Sobre o apostilamento é feito em cartório ou tem que ser em consulado ?

    Desde já agradeço!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Renan,
      Conheço muitas pessoas que vieram com contrato de um ano e que não vieram com passagem de volta. Inclusive tenho um amigo que chegou em janeiro.
      Importante ter carta da empresa e o visto em mãos (pelo menos a cópia), pois eles pegam no pé.
      Quanto ao apostilamento, apenas em cartório.
      Abs

  6. Olá, Maria adorei seu blog.
    Estou com uma dúvida que acho que você saberia me responder;
    Sou casada com um cidadão europeu, ele irá para Irlanda antes de mim para conseguir emprego, alugar casa, e tal. Eu devo ir alguns meses depois dele ajeitar tudo por aí. Mais eu gostaria de saber como é passar/documentação para esposa de cidadão europeu na imigração? Ja que estou indo para morar.
    muito obrigada!
    abs

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Mariana, tudo bem?
      Se o seu marido já estiver aqui, você só precisa trazer sua certidão de casamento traduzida e falar que vai morar com ele. Tenha copia do passaporte dele, contrato de trabalho, se possível, e o endereço que você irá morar e diga que irá aplicar o Stamp 4. Bem tranquilo se ele já estiver instalado e com emprego.
      É essa sua pergunta?
      Abs

  7. Ei Maria, obrigada por me responder. Desde o dia que escrevi algumas coisas mudaram, rsrs Ele está no Brasil e decidimos ir juntos de uma vez daqui a 3 meses. Ele vai arrumar casa e trabalho depois que já estiver lá. A minha dúvida é se eu passo juntamente com ele na imigração europeia? Por ser esposa. E como não temos o trabalho em vista ainda o que precisamos, quero dizer o que apresentar? Mesmo sendo cidadão europeu por não ter trabalho ele entra como turista? Precisando de voo de ida e volta?
    Atenciosamente

    1. Maria Helena says: Responder

      Oi Mariana, vou copiar a resposta do comentário anterior que deve responder esta também. Qualquer coisa, me mande outra mensagem com sua dúvida. Abs

      “Então, o melhor é vocês passarem na fila de não europeus, vocês dois juntos. Ele te acompanha nesta fila. Por ele ser cidadão europeu, vocês podem entrar no país e você não pode ser barrada. Quero dizer, o cidadão tem direito de ir e vir na Europa, então, entrar no país faz parte disso.
      A questão é que na Irlanda você não pode chegar e morar sem ter como se bancar, é necessário ter “renda” ou emprego. Por isso, eles podem encher vocês de perguntas, mas vocês podem dizer que ele irá trabalhar e você aplicará o Stamp 4 como esposa. Claro que nada é 100%, pode ser que eles engripem com vocês, tomem chá de cadeira, mas não acredito que neguem a entrada. O importante é não mentir, ser honesto, porque vocês não estão fazendo nada errado.
      Outra coisa, traga a certidão de casamento traduzida para não ter grilo. 🙂
      Se vocês se sentirem mais seguros, até podem comprar uma passagem de saída da Irlanda para dentro dos 3 meses dessas cias. aéreas low costs. Mas sinceramente, não sei se é necessário. 🙂
      Boa sorte!”

      1. Oi, tudo bem?
        Estou indo para a Irlanda com a minha esposa que tem passaporte europeu, ela terá a certidão de casamento plurilíngue tirado na Itália, isso já seria o suficiente para a minha entrada junto a ela?
        Outra duvida, somente a certidão de casamento plurilíngue seria necessário ou teríamos que ter os documentos meus e dela (cidadã europeia) de nascimento devidamente traduzidos e apostilados do Brasil?
        Estamos indo para a Irlanda para morar e aplicar para o Stamp4.

        Espero ter entendido o meu caso rsrs

        1. Maria Helena says: Responder

          Bom dia Rubens,

          Basta certidão de casamento em inglês. Se a italiana tem na língua inglesa, está beleza!

          Abs.

  8. Domingos Junior says: Responder

    Olá Maria, parabéns pelo blog!
    Como funciona a entrada para cidadão europeu? Além do passaporte preciso levar mais alguma documentação?
    Pretendo morar na Irlanda, mas penso em ir sozinho e, depois de estabelecido, minha familia iria. Posso estar enganado, mas acho mais tranquilo do que ter que correr atrás de tudo com as crianças junto…

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Domingos, boa tarde! Este post que você leu inclui cidadão europeu. Para entrar como turista, você não precisa de nada, somente passaporte válido e de preferência, passagem aérea de saída do país. Já se for morar, a imigração pode questionar, então o ideal é você ter um contrato de trabalho ou contar a verdade e dizer que vai trabalhar, mas que ainda está a procura. Claro que não tenho como dizer se você vai passar sem nenhum chá de cadeira, mas no geral, você como europeu, tem direito de circular pela Europa.
      Abs

  9. Josep Ferreira says: Responder

    Segue bloq é SUPER!!!! SUPER INCRÍVEL!!!! Aprende muita coisa sobre a Irlanda, parabéns.
    Tenho uma dúvida também, se possível gostaria de sua opnião: Meu irmão mora na irlanda há mais de 17 anos, já naturalizou. Eu como irmão está aproveitando o agrupamento familiar para morar também legal?
    Obrigado e parabéns pelo maravilho blog!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Josep, tudo bem? Obrigada pelo elogio. 🙂
      Olha, não conheço o processo de naturalização. Não mesmo, infelizmente. Mas não acredito (opinião, tem que verificar) que irmão passa para o outro simples assim. Acredito que você precise também morar aqui pelo tempo mínimo necessário e contribuir. Enfim, melhor buscar esta informação com alguém que tenha mais conhecimento na área.
      Desculpe não poder ajudar… Abs

  10. Hey!
    Como cidadã EU, é possível entrar como turista e depois dar processo na mudança de visto, antes do final dos 3 meses?
    Se não houver passagem de volta, é negada a entrada?
    Obrigada! Seu blog é excelente 🙂

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Luna, boa tarde!
      Como cidadã você não precisa de visto algum para entrar na Irlanda e em tese, se é turista, eles podem questionar o seu retorno já que seria “turista” e não residente na Irlanda. Mas isso nem sempre acontece e isso não deveria ser impeditivo já que você como cidadã europeia tem direito de trabalhar aqui. Abs

  11. Murilo Roosch says: Responder

    Maria, tudo bem? Estou indo com minha esposa para Dublin para um intercâmbio para estudar e trabalhar. Continuarei trabalhando em meu emprego do Brasil, pois atuo remotamente, porém ainda assim ambos remos procurar emprego na cidade. Li sobre a questão da certidão de casamento traduzida, no nosso caso, também precisamos fazer isso, mesmo indo como intercambistas? Obrigado!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Murilo, não precisa de certidão de casamento se vocês já virão com visto de estudante em mãos. A certidão é no caso de um dos cônjuges não terem visto e virem acompanhados de visto de trabalho ou cidadania (que aparentemente não é o caso de vocês).
      abs

  12. Olá!
    Meu esposo irá para Irlanda a trabalho e irei com minha bebê após ele se instalar.
    Quais documentos preciso para passar com minha bebê na imigração?
    Quais documentos precisam ser traduzidos e apostilados para apresentar?

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Fabiana, o seu bebê não precisa de documentos, apenas o passaporte já que estará com você. Lembre-se que para viajar somente com seu bebê, vocês devem autorizar no passaporte que o bebê viaje somente com um dos pais. E os documentos que você deve apresentar são os que constam no post. 🙂
      Abs

  13. Priscila Daniela says: Responder

    Olá tenho uma dúvida meu esposo foi à trabalho para à Irlanda à menos de 1 semana à a primeira vez que saí para trabalha fora do Brasil. Combinamos que assim que ele se instalar iria eu com meus 2 filhos, mais li algo que eu posso ir depois de 1 ano que ele já estivesse lá antes disso eu viajaria como turista tendo data para retornar ao Brasil. Gostaria de saber se isso é verídico. Ele foi para trabalha em um frigorífico e já levou todos os documentos traduzidos para lá. Há alguma maneira que eu vá antes sem nenhum problema ou somente depois de 1 ano mesmo. Aguardo sua resposta.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Priscila, tudo bem?
      Desculpa a demora. Então, recebi muitas consultas este último mês sobre isso e todos diziam a mesma coisa. Pelo que pude notar, há alguma restrição de embarque de famúilia quando o visto de trabalho não é de profissões de alta demanda (critical skills). Mas eu não posso confirmar e nem ajudar, infelizmente, por não ter o conhecimento.4
      Sugiro contatar alguma empresa especializada ou simplesmente entrar no site do INIS (imigração) e verificar sobre o visto do esposo ou fazer uma consulta a eles via e-mail.
      Abs.

  14. Bruna luca da silva says: Responder

    Meu marido foi pra irlanda com visto de trabalho.
    E esta la 3 meses.
    Posso ir morar com ele.
    Obs.estou gravida de 5 meses e tenho 1 filha…
    O que devo fazer.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Bruna,
      Te respondi ontem no post de gravidez parte 1. Mas segue abaixo novamente:
      Olá Bruna, mil desculpas pela demora. Mas estou no Brasil de férias com os bebês e está uma correria.
      Bom, o seu caso eu não sei ao certo, pois não me disse se seu marido é cidadão europeu ou está com visto e que visto de trabalho.
      Precisa saber se ele pode já levar a esposa, pois tenho recebido uns contatos dizendo que se não for o critical skills visa, tem um prazo para a família poder ir que aparentemente tem relação com o tempo de “experiência” (probation), do contrato de trabalho. Se ele for cidadão com certeza você pode ir a qualquer momento. Eu mesma, conforme contei, cheguei na Irlanda grávida de 6 meses e meu marido ia ainda começar a trabalhar. Chegamos dia 5 e ele começou a trabalhar dia 9, apesar de já ter o contrato em mãos. Já se seu marido não é cidadão, mas tem critical skills visa, você também pode ir, pois tenho vários amigos nesta condição. Agora se não estas condições, não sei dizer, precisam consultar o INIS sobre sua entrada na Irlanda. Porém, fazer o pré-natal e o parto, você não terá problema nenhum. Você não precisa apresentar nenhum visto na maternidade. 🙂
      Qualquer dúvida, pode perguntar. Abs

  15. Olá, quero ir para a Irlanda para trabalhar e estudar. Eu, marido e filho de 2 anos e 7 meses. Somos brasileiros. Não temos carta de trabalho.
    Só consigo entrar como turista para ficar 3 meses??
    E se quisermos ficar mais tempo após estivermos trabalhando e dando certo??
    Obrigada!!!! Adoro seu blog!!!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Marina, tudo bem?
      A sua opção se não tiverem alguma cidadania europeia, seria ir como estudantes inicialmente e aí conseguem ficar 10 meses e depois renovam. No caso de turista, você não pode trabalhar. Turista só pode passear e no máximo 3 meses.
      A opção também seria ver se conseguem algum emprego que liberem visto para vocês. O ideal é ver se vocês se enquadram em alguma profissão de alta demanda no qual o governo libera visto com facilidade.
      Abs

  16. Olá Boa tarde!
    Minha amiga mora cm o esposo a 1ano na Irlanda,ela tem 2 filhos,sem ser do esposo dela,Vieram para o Brasil buscalos,retornaram ontem quando chegou na emigração foram barrados,fizeram várias perguntada,e o que deu e que,os filhos dela vai ter que ficar apenas quinze dias lá!
    Sendo que o esposo dela trabalha lá,ela está lá a 1ano,cm toda documentação em dias,a das crianças assinadas pelo legítimo pai,e vai ter que retornar em 15 dias!
    Mais sendo que ela e o esposo pode continuar lá!
    Vc poderia me tirar dúvidas do que pode ter acontecido? Obrigada

    1. Maria Helena says: Responder

      Oi Vanubia, boa tarde!
      Desculpe, mas não tenho conhecimento específico para responder estas questões. Não sou especializada em imigração, apenas tenho as experiências do que já vivi.
      Não deveria ter nenhum problema se a documentação dos pais das crianças está ok. Foram traduzidas as documentações?
      Olha, não tenho como ajudar mesmo. O melhor é ir atrás de uma agente de imigração.
      Se depois puder contar aqui como isso foi resolvido, é legal que aí podemos ajudar futuros brasileiros.
      Abs e boa sorte para seus amigos.

  17. Isabelle Torres says: Responder

    Oi Maria Helena, tudo bem?
    Meu nome é Isabelle e sou estudante de inglês na Irlanda. Fazem 1 ano e 1 mês que estou longe do meu príncipe de 11 anos. Desde de que cheguei aqui, nada foi muito fácil e infelizmente não consegui salvar dinheiro o suficiente para visita-lo no Brasil.
    Conversando com minha mãe, surgiu a possibilidade de trazer ele para cá nas férias de Julho desse ano. Ele vem sozinho. Fiz varias pesquisas e para minha felicidade a maioria das CIAS aéreas fazem translados de menores desacompanhados.
    Minha maior dúvida é….. Como devo escrever uma carta convite para um menor de idade, visto que esse menor é filho de uma estudante de inglês?
    Fico super insegura só de pensar que ele possa ser retido na imigração. Ele não fala inglês. Nesse caso posso responder por ele? Posso encontrá-lo antes de passar pela imigração?
    Obrigada!
    Bjs,
    Isabelle

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Isabelle, tudo bem? Olha, eu não tenho modelos de carta convite, acho que você precisa formalizar bem este documento. De repente registrar no consulado já que ele não tem nenhum conhecimento de inglês.
      Peça uma sugestão no próprio consulado. Eu quando faço cartas convites, eu detalho o máximo possível de informação. Dados do visitante (nome, passaporte, origem), meus dados e dados de onde a pessoa ficará hospedada, por quanto tempo e qual motivo. Eu creio que fazendo isso, registrando no consulado e enviando a certidão de nascimento traduzida junto, não terá problema. Mas eu realmente não tenho conhecimento, nunca vivi isso. Tente no consulado, creio que seja o melhor caminho.
      Abs e boa sorte!

  18. Rosalina Fernandes da Silva says: Responder

    Maria Helena. Você tem alguma novidade, referente a essa alteração, de que a esposa so pode ir depois de 1 ano ?
    No caso stamp 3. Meu esposo ja esta la a 6 meses. E agora estamos com esse boato, porem n sei a veracidade dessa informação.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Rosalina, no caso seu marido não tem visto de critical skills, certo? Eu não conheço detalhes de visto comum de trabalho, mas também já recebi relatos de que é necessário 1 ano de moradia antes do cônjuge ir. Busque mais detalhes no site da imigração, INIS. Lá você pode confiar.
      Sei que está havendo algumas mudanças em visto de trabalho, mas direto para critical skills, não sei se houve para o seu caso.
      Desculpe não poder ajudar.

    2. Oi Rosálina meu esposo está trabalhando na irlanda e estava feliz pensando q iria em junho com meus filhos mas me veio a notícia q tem mesmo q esperar 1 ano pra esposa poder ir..entao em marco completa um ano do permit..e será quando vou.

  19. Rosalina Fernandes da Silva says: Responder

    Eu ja lê o site do INIS e ñ encontro nada sobre essa informação. 😔
    Eu n sei mais onde procurar saber!
    Simplesmente não tem um site, que diga algo referente! Tem algumas pessoas ai na Irlanda, que estão afirmando essa história! A gente esta com pés e mãos atadas.
    Não sei onde busca uma informação confiável!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Rosalina, acabei de te responder, e já vi que não deu certo. Tentou mandar email para a imigração? E uma empresa especializada em imigração na Irlanda, já procurou? Eu realmente não tenho como ajudar, os caminhos que eu imagino são estes citados. Sorry.

  20. Sandra Marcia says: Responder

    Oi Maria Helena td bem?Vi q vc sempre responde às perguntas,ao contrário de outros.Minha dúvida é:Meu esposo está c proposta de trabalho p Irlanda contrato de 4 anos,mas foi dito p ele q apenas ele q sendo assim o cônjuge não pode trabalhar apenas tem a permissão de estar junto c a família,isso procede?,como poderia conseguir trabalhar p ajudar nas despesas prq temos 2 crianças,desde já agradeço

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Sandra,
      Olha que máximo, você me perguntou ontem sobre isso e olha o que acabei de receber de umas amigas que estão na mesma situação que você.

      É o seguinte, o cônjuge precisava de uma proposta de trabalho para conseguir mudar o visto para poder trabalhar. A partir de 1 de abril, o processo mudou e a esposa já vai receber o Stamp 1 que pode trabalhar!!! uhuuuuu Dá uma lida completa no link, foi uma ótima notícia.
      Abs e boa sorte!

  21. Oieee Maria Helena! Eu estou perdidinha kkkk espero que você possa me ajudar. Meu esposo tem cidadania europeia (Luxemburgo), mas não deu entrada no passaporte, pois se informou e o passaporte com duração de 5 anos é somente feito lá em Luxemburgo. Estávamos querendo ir morar na Irlanda, com nosso filho de 2 anos. Como conseguiríamos entrar no país com meu esposo tendo a cidadania, mas sem o passaporte? Poderíamos ir com passaporte brasileiro, como turistas e lá ele fazer o passaporte, pra depois ir pra Irlanda procurar emprego? Se sim, isso não daria algum problema, e depois de 3 meses eles nos mandarem de volta? Que medo kkkk Obs.: Ele tem o documento da cidadania, só não tem o passaporte, que somente é feito lá em Luxemburgo.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Vanessa, tudo bem? Até onde eu sei, o seu esposo pode ir de um país europeu a outro com passaporte europeu ou identidade de algum país europeu. Não sei dizer se ele poderia entrar com este documento que diz que ele é cidadão, ainda assim precisaria estar traduzido e juramentado. Minha sugestão é talvez entrar como turista, vocês dois e depois emitir o passaporte. Mas por quê não passar em Luxemburgo e já resolver isto antes de ir pra Irlanda? Seria menos burocrático. E já entrariam sem muita dor de cabeça.
      Indo como turista, vocês dois precisarão de voo de saída da Irlanda, pois eles irão pedir, além da comprovação do dinheiro, reserva de hotel / estadia ou carta convite de alguém.
      Espero ter ajudado.
      Abs

  22. Oi Maria Helena, tudo bem?
    Parabéns pelo blog, muitas dúvidas já tirei só lendo as peeguntas e respostas acima.
    Vamos ao meu caso. Meu marido é cidadão europeu e não conseguiu ainda emitir o passaporte (italiano no caso dele) mas ele tem o documento de identidade, porém só comprou a passagem de ida. Somos casados e estou levando as certidões traduzidas e apostildas (nascimento de ambos e casamento) e eu comprei passagens de ida e volta para 6 meses depois (por garantia mesmo) pois já tenho agendado no INIS para aolicar o visto em junho. Vamos para morar, e temos uma carta de acomodação de uns amigos que já moram há 10 anos na Irlanda. Você acha que teremos algum problema por ele não ter a passagem de volta? Embarcamos dia 15/05/2019.
    Obrigada!

    1. Maria Helena says: Responder

      Oi Carolina, boa tarde! Desculpe pela demora, mas estou trabalhando e estou com pouco tempo para me dedicar ao blog, infelizmente.
      Creio que já embarcaram e espero que não tenham tido nenhum problema. Eu acredito que não tiveram. Se puder nos falar, assim ajuda os próximos viajantes. 🙂
      Obrigada e sucesso na Irlanda!

  23. Regiane Otto says: Responder

    Olá Maria Helena, muito obrigada por nos ajudar com tantas informações! É muito difícil encontrar sites que falam sobre família na Irlanda, a maioria é voltada apenas a estudantes.
    Tenho uma dúvida que não consegui retorno nem mesmo do consulado:
    1. Irei morar em Dublin com a minha filha de 12 anos, sem o pai dela. Já fiz o passaporte com autorização de viagem, preciso de algum documento em que ele como pai, autorize também a residência dela no exterior?
    2. Para a escola, é necessária a certidão de nascimento em todas as idades? Pois aqui ela utiliza apenas RG, CPF, Passaporte.

    Mais uma vez obrigada e muito sucesso pra você!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Regiane, tudo bem?
      Que bom que o blog está te ajudando, uma pena que estou com pouco tempo para me dedicar a ele.
      Olha, não tenho conhecimento com esta parte de filhos morando longe do pai, mas creio que não é necessário nenhum documento se o passaporte está com autorização.
      Na Irlanda não acredito que irão pedir algum documento. Mas se quiser, por precaução, fazer um documento registrado pelo pai, é uma segurança.
      Abs

  24. Olá, adorei seu blog,,, será que pode me tirar uma dúvida?

    Meu marido tem cidadania europeia(italiana) e está trabalhando na irlanda com contrato por tempo indeterminado tudo certinho… Eu estou indo daqui 2 meses, quais documentos devo mostrar na imigração? Eu fico em dúvida se devo dizer que vou aplicar para o stamp 4 ou se devo tentar tirar a permissão por ser casado com italiano (permesso di soggiorno)… E se devo marcar um appointment, para aplicar para o visto, antes de viajar?

    Obrigado e parabéns pelo blog.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Otavio,

      Os documentos que você deve mostrar é os que estão neste post mesmo. Quanto ao processo, o caminho é o Stamp 4, pois a “permissão” não tem validade na Irlanda, você continua não sendo europeu. Quanto ao appointment você não precisa marcar antes, pois primeiro precisa iniciar o processo do Stamp 4. Sem a carta de visto temporário, o appoitment não vale de nada.

      at

Deixe uma resposta