Stamp 4 – Visto de 5 anos de residência na Irlanda

Viva! 5 anos sem me preocupar com visto! Agora com o Stamp 4 em mãos, me sinto mais a vontade para falar como foi o meu processo e quanto tempo levou para eu receber o meu primeiro visto de residência na Irlanda.

Se você também não é cidadão europeu, mas seu marido ou esposa é, este post pode te ajudar no processo de obtenção da sua permissão para viver na Irlanda.

Quando cheguei aqui, tinha inúmeras dúvidas de como era este processo. Procurava nas lupas dos grupos do facebook e apareciam mil resultados diferentes. Difícil saber o que era certo ou não. No fim, preferi seguir o que diziam as instruções do formulário oficial e algumas dicas de amigos.

Por isso, resolvi unir aqui o máximo de informações para deixar o seu processo do Stamp 4 mais fácil.

Stamp 4 – O que é e para quem se aplica

O Stamp 4 pode ser aplicado em diversos casos, mas neste post vou falar dos casos de membros de família de cidadão europeu.

Conforme descrição do site da INIS (Irish Naturalisation and Immigration Service, vulgo “Imigração”) o Stamp 4 se aplica na situação: “To stay with your EU/EEA or Swiss family member in Ireland for longer than 90 days, you can apply for a ‘Residence Card of a Family Member of a Union Citizen’.”

Quando você vem para a Irlanda para morar com um cidadão europeu, passando 90 dias, você precisa de um visto chamado Stamp 4. Este visto lhe permitirá viver com os mesmos direitos de um cidadão europeu, inclusive com permissão para trabalhar.

Mas para que você receba o visto, o cidadão europeu precisa estar trabalhando ou ter condições de “bancar” a vida aqui na Irlanda. Em geral, eles não concederão o visto, se vocês não tiverem como se manter aqui. Faz todo sentido!

Há basicamente dois grupos de pessoas que podem aplicar para este visto baseado na relação com o cidadão europeu. Segue abaixo:

  • Qualifying family member: Spouse / Child / Dependent Parent / Civil Partner / Grandchild / Dependent Grandparent
  • Permitted family member: Partner in a durable relationship / Dependent / Member of household / Serious medical grounds

Veja em qual deles você se enquadra para seguir o processo corretamente. No meu caso, sou spouse, pois sou casada, no papel e caneta com um cidadão europeu e me enquadro no Qualifying family member. Já se você estiver numa união estável, o seu caso é partner in a durable relationship e se enquadra em Permitted family member. Caso tenha dúvidas de onde se enquadra, neste link há mais detalhes.

Stamp 4 provisório

Para começar, primeiro vamos ver qual formulário é o correto para você aplicar o seu Stamp 4. São dois formulários diferentes, baseados nos grupos citados acima.

Encontre neste link, mais detalhes dos formulários disponíveis, além de instruções.

Abra o formulário que se enquadra no seu perfil, imprima-o, siga as intruções, preencha e junte toda a documentação solicitada e envie para a INIS no endereço citado na última página do formulário.

Não vou entrar em detalhes sobre o preenchimento do formulário e sobre cada documento solicitado, pois creio que, basta ler com atenção e você entenderá. Mas caso tenha dúvida, deixe um comentário abaixo ou entre em contato através deste link.

Como eu fiz?

Normalmente, você chega na Irlanda e tem 3 meses de visto de turista e deve aplicar o Stamp 4 dentro deste período. Acontece que muitas vezes, você não tem todos os documentos dentro deste prazo e aí entra o desespero.

Mas vou te acalmar, você NÃO precisa ter 100% dos documentos em mãos para aplicar para o Stamp 4. Pelo menos, não inicialmente. E também você não precisa receber o Stamp 4 antes do seu visto vencer. Enquanto seu processo estiver com a imigração, você está resguardado.

Quando eu dei entrada no meu Stamp 4, eu não tinha em mãos, o PRTB e também os payslips e Tax Certificate do marido, já que ele tinha acabado de começar a trabalhar. Tampouco tinha uma conta (utility bill), pois tínhamos acabado de nos mudar. Então, fiz da seguinte forma:

  • para comprovar minha residência, usei o contrato de aluguel, e;
  • para comprovar situação financeira, usei o contrato permanente de trabalho do marido.

Em 26/01/2017 juntei a documentação que eu tinha e o formulário e enviei para a imigração. Quando foi 13/02/2017, apenas 18 dias depois, recebi uma carta informando que haviam recebidos meus documentos, que meu processo estava sob análise e que o parecer final era previsto para 25/07/2017. Também nesta carta dizia que eu deveria enviar a documentação que faltava em 30 dias. Juntamente desta carta havia outra com a aprovação do Stamp 4 provisório até 25/10/2017. Era só agendar no site da INIS e eu já teria meu Stamp 4 em mãos juntamente com o GNIB, um documento de registro de estrangeiro. Hoje este documento mudou para IRP (Irish Residence Permit).

Assim aconteceu. Marquei meu horário na INIS e fui com o marido. Levei a carta e os documentos solicitados, passaportes meu e do marido e a certidão de casamento. Recebi, então, meu tão esperado visto junto com o GNIB.

Importante, o cidadão europeu deve estar presente nos agendamentos relacionados ao Stamp 4.

Stamp 4 definitivo

Agora era hora de concluir o processo.

Em fevereiro, quando recebi a carta solicitando os documentos não enviados, eu ainda não os tinha em mãos. Portanto, fui atrás, tirei as cópias e enviei juntamente com a carta, para o mesmo endereço no dia 15/03/2017, ainda dentro no prazo.

Em seguida, 5 dias depois, recebi uma carta confirmando o recebimento da documentação e que seria incluida no processo e que meu processo continuava em análise.

Agora era só esperar o processo correr. Não havia nada a fazer.

Viagem agendada e visto para vencer, o que fazer?

Quando setembro foi se aproximando, comecei a ficar um pouco preocupada pois dia 22/09 eu tinha uma viagem marcada para Turquia-Brasil e só retornaria em novembro, após meu visto vencer. Pois bem, o que fazer? Tinha duas opções: arriscar chegar de viagem com um bebê sozinha, já que marido estaria aqui trabalhando e tomar um belo chá de cadeira na imigração ou tentar agendar um horário na INIS e pedir alguns dias de extensão de visto explicando a situação.

Fiz isso. Agendei um horário e fui com o marido e baby até a imigração com passagens aéreas, passaportes e GNIB em mãos em caso de estarem de bom humor e me estenderem o visto naquele dia. Deu certo! Meu visto ia expirar dia 25/10/2017, eu retornaria de viagem no início de novembro e me estenderam o visto até 30/11/2017. Não foram minutos na imigração, demorei algumas horas, umas 4h no total. Mas deu certo. Portanto, se você precisa de algo da imigração, não tenha medo ou receio de falar com eles, marque um horário e mostre a situação. O não você já tem, se receber um sim, é bônus

Chegou a tão esperada carta!!!

Aconteceu como eu esperava, a carta chegou poucos dias após minha viagem. O carteiro me mandou um sms dizendo que tinha deixado na minha caixinha de correios uma carta registrada. Quando cheguei de viagem, fui verificar e era realmente minha carta com o Stamp 4 aprovadíssimo! A carta foi emitida em 22/09/2017 com visto aprovado para 5 anos, ou seja, até setembro de 2022.

Como retornei de viagem em novembro, só consegui agendamento para janeiro. Desta vez, a carta só pedia que levasse passaportes, a própria carta e que o cidadão europeu estivesse presente. Lá fomos nós.

Em 09/01/2018, nos apresentamos na imigração no horário agendado e claro, tomamos aquele chá de cadeira. Demorou umas 3h até que eu saísse com meu visto no passaporte. Não que eles não queriam aprovar, mas até hoje não entendi porque agendam horário, se você nunca é atendido nele.

Ah, e desta vez não recebi o GNIB, como comentei lá em acima, agora o documento se chama IRP e ele segue por correio para seu endereço em até 2 semanas. Se você tem o GNIB válido, não precisa alterar e nem se preocupar, pois a função dos dois documentos são iguais.

Resumo

Vamos ao resumo da Ópera! Desde a aplicação até o recebimento da carta com a aprovação do visto, foram 8 meses, para ser exata 239 dias. Prazo estipulado por eles mesmos, já que meu Stamp 4 provisório iria até 1 mês depois da data da aprovação do visto.

Então, eu diria para você seguir mais ou menos esta ideia. Se não tiver todos os documentos, não precisa esperar para iniciar o processo. Mas na minha opinião, tenha a grande maioria dos documentos e deixe para enviar depois, somente documentos que adicionam informação que você de certa forma já apresentou. Por exemplo, comprovação de residência, você comprova residência com um contrato de aluguel e deixa para enviar os outros comprovantes depois; outro exemplo é comprovação de renda, você envia um que você tenha, como contrato de trabalho e depois envia o resto.

Espero ter colaborado e esclarecido algumas de suas dúvidas.

Se tiver algum comentário a adicionar, algo que você passou e queira deixar uma dica para os colegas, comente aqui!

Se gostou e achou útil, curta e compartilhe!

Abraços!

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu email.

145 Replies to “Stamp 4 – Visto de 5 anos de residência na Irlanda”

  1. Boa tarde, Maria. Parabens pelo artigo. Assim, saberia informar, quais documentos devo aprensentar ou levar para entrar na itlanda, sou esposo de europeia, que mora na irlanda e trabalha, vou aplicar ao stamp 4 quando entrar, mas nao tenho certeza o que apresentar no aeroporto. Só sei, os documentos para iniciar o processo ja dentro. Fico no aguardo.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Breno, tudo bem?
      Para entrar na Irlanda, sugiro você trazer cópia de passaporte da sua esposa e o contrato de trabalho dela e informar que vocês são casados e você está indo viver com ela e vai aplicar o Stamp 4. Apresente também a certidão de casamento de vocês em inglês.
      Acho que estes documentos cobre tudo. Inicialmente te darão provavelmente 3 meses e aí você inicia o processo do Stamp 4.
      Espero ter ajudado.
      Abs

      1. ola, vc saberia me informar se preciso apresentar passagem de volta no aeroporto tb? obrigada

        1. Maria Helena says: Responder

          Olá Rayana, dependendo da situação sim. Se for como turista ou estudante, definitivamente sim.

  2. Boa tarde,
    sou casado com cidadã italiana, posso trabalhar enquanto estou com o visto provisório?

    1. Maria Helena says: Responder

      Bom dia Eder!
      Sua pergunta é referente ao Stamp 4 provisório? Sim, você pode trabalhar com ele normalmente, mesmo porque no documento não consta que é provisório. Aliás, não é “provisório”, é apenas a forma como o chamamos, porque a validade do documento é curta e você está esperando o ok final. Mas nada muda. Você tem o Stam 4 e é isso, vida normal! 🙂
      Quanto ao visto inicial, que normalmente é de turista, quando chega a Irlanda. Este não, este você não pode trabalhar. Tem que esperar o primeiro Stamp 4.
      Abs

  3. Olá Maria, bom dia
    Sabe se tem alguma outra forma de comprovar residência que não seja por Contrato de aluguel e PRTB? Tem algum modelo de Carta de Residência que pode ser assinado pelo Landlord ou até mesmo o inquilino formal? Só o que temos até agirá é uma conta de luz no nome da inquilina dizendo que eu e minha esposa moramos com ela. Será que rola?
    Grato,
    Márcio

    1. Maria Helena says: Responder

      Bom dia Marcio, tudo bem?
      Pois é, este tema é bem complicado porque cada experiência é um caso. Nem sempre o que dá certo para um, dá certo para outro. Mas vamos lá.
      Comprovante de Residência: Eles pedem mais de um no processo, não sei se vocês já leram o formulário. Mas eles pedem o contrato de aluguel + o PRTB + utility bills. Como utility bills normalmente eles aceitam várias opções, como uma carta do seu private healthcare ou uma conta de celular, não precisa ser somente luz e gás. Já vi diversas pessoas que apresentaram outros documentos. Já o contrato de aluguel e o PRTB é mais delicado, porque se você não alugou no nome de vocês, não tem como ter este documento.
      Então minha sugestão é simples, envie uma carta sua, de próprio punho, explanando o caso, dizendo que você não tem aluguel no nome, pois o inquilino é fulano de tal e peça que este inquilino faça uma carta dizendo que vocês moram com ele e peça que o inquilino te forneça cópia do PRTB. contrato de aluguel e esta conta de luz (se possível). E envie. O máximo que vai acontecer é eles retornarem com alguma outra solicitação. Já vi várias pessoas que deu certo sem estes documentos, mas não é um processo firme, então é caso a caso. Se você tem todos os outros requisitos, pode ser que isso não venha a ser um problema para vocês.
      Dê entrada, assim como eu fiz, com os documentos que você tiver e com estas cartas e veja a resposta deles. Infelizmente, não posso afirmar se dará certo. Mas vai com fé! 🙂
      Abs e boa sorte!

      1. Olá! Acho que você é minha grande e última esperança! Rs
        Dia 08/05 vou pra Itália com meu marido para ele aplicar a cidadania italiana. Terminando o processo, e ele saindo com o documento em mãos vamos pra Irlanda. A minha dúvida é: compro uma passagem pra Irlanda da Itália? Ida,, ou ida e volta? Pq até então ele será cidadão europeu. Vou como turista? Como dependente? Socorrooooo

        1. Maria Helena says: Responder

          Oi Grazzi, td bem? Se ele é cidadão, vc como esposa, pode entrar com ele na Irlanda, mas eles podem sim questionar a saída de vcs do país pelo fato de ele nao ter um emprego ainda (se eu entendi direito). Então, vcs seriam turistas na visão deles.
          Vcs podem arriscar entrar sem a passagem, mas se quiserem ficar tranquilos, compre com uma passagem com saída da Irlanda dentro dos 90 dias. Qualquer coisa depois muda.
          Isto é opinião… nao é regra.

  4. Franciéle B. Hupfer says: Responder

    Olá Maria, tudo bem?
    Muito bom seu texto! Estou me preparando para ir ano que vem com meu marido cidadão europeu e ainda tenho algumas dúvidas..
    Uma dúvida que tenho devido à muitas respostas variadas que tenho visto por aí, é sobre a necessidade de compra de passagem de volta para o Brasil, pra mim que irei me aplicar para o stamp 4. Vejo muitos falando que o pessoal do aeroporto no Brasil pode não deixar embarcar sem a passagem de volta..
    Como foi sua experiência nesse caso?
    Beijoss, e boa sorte aí na Irlanda! 🙂

    1. Maria Helena says: Responder

      Bom dia Franciele, tudo bem?
      Então, seu marido terá algum contrato de trabalho permanente aqui na Irlanda quando vierem?
      Porque este é o principal ponto sobre sua passagem de volta. Quando você é casada, aparentemente seu marido é cidadão europeu também, e seu marido tem um contrato de trabalho permanente e vocês estão de mudança definitiva para a Irlanda, teoricamente você não precisa de passagem de volta. Só que a cia. aérea pode “pesar” um pouco na hora do embarque. No meu caso isso aconteceu sim. A Air France me questionou porque eu estava vindo sem passagem de volta se eu não tinha residência na Irlanda e aí apresentei o passaporte europeu do meu marido (ele estava presente inclusive), mais a nossa certidão de casamento (leva ela para todos os lugares até vc chegar aqui rsrs) e o contrato de trabalho permanente dele, que provava que iŕiamos residir na Irlanda. Aí deixaram embarcar.
      Você não deveria vir sem passagem de volta, se vocês não tiverem nenhum “vínculo” com a Irlanda. O risco é enorme. Mesmo ele sendo cidadão europeu, ele não pode na Irlanda sem trabalhar ou sem bancar a si próprio. Aí o ideal é virem com passagem de volta para 3 meses, já que entrariam como turista e depois alteram a passagem.
      Essa é minha dica, baseado na minha experiência e do que vejo por aí nas comunidades também.
      Abs e boa sorte nos novos planos!!!

  5. Boa tarde,
    voltei com outra dúvida agora.. rs
    Vou com minha esposa para irlanda ano que vem, ela cidadã européia.
    Para entrar na iranda pela primeira vez como faço, passo pela imigração e digo o que?
    Vou precisar esperar minha esposa começar a trabalhar para conseguir os documentos e dar entrada no Stamp4, até lá como faço para poder ficar no país pelo menos por tempo suficiente até conseguir os documentos?

    Obrigado!

    1. Maria Helena says: Responder

      Oi Eder, tudo bem? Vamos lá.
      No caso que ela não tem emprego, o ideal seria ter uma passagem de saída da Irlanda para 3 meses que é o tempo de turista. Mas, por ela ser cidadã, a imigração acaba sendo mais flexível.
      Eu sinceramente, recomendaria ter uma passagem de saída da Irlanda pelo menos baratinha, para você não ter dor de cabeça, mas se você vier sem e disser que ela vai trabalhar talvez eles aceitem numa boa também. Muito imprevisível saber o que vai acontecer.
      O cidadão europeu pode morar na Irlanda, desde que tenha como se manter, manter a família, sendo com próprios recursos ou trabalhando, então, não deveriam bloquear a entrada de vocês, entre aspas. Mas vai saber.
      Desculpa, mas não consigo ser certeira nesta resposta. 🙁
      Será que te confundi mais? rsrs Acho que já respondi a questão abaixo inclusive.

  6. No caso vamos da itália para irlanda. Preciso de passagem de volta para itália?

    1. Maria Helena says: Responder

      Respondi no outro comentário. 🙂

      1. Muito esclarecedora a resposta.
        Vou comprar mesmo a passagem de volta para Itália (para garantir né!?)…
        Ótimo o site, e a atenção dada aos leitores !!!
        Obrigado!

  7. Beatriz Fernandes says: Responder

    Oie eu quero casar no papel e meu marido quer ir pra Irlanda e se tudo der certo me levar para la, so que quero casar no brasil antes dele viajar, tem algum problema para ele conseguir o direito de morar la sendo casado aqui no brasil?

    1. Maria Helena says: Responder

      Oi Beatriz, não entendi muito bem sua pergunta, vou tentar responder, se não for isso, responda de volta por favor.
      Se vocês casarem no Brasil, pronto, serão considerados casados em qualquer lugar do mundo. Só precisa da certidão de casamento.
      Mas como ele teria “direito” de morar aqui na Irlanda? Essa parte eu não entendi. Ele é cidadão e trabalhará aqui ou ele não é cidadão e terá visto de trabalho?
      Em qualquer uma das situações, você como esposa, tem direito de viver ao lado dele. Mas seu visto será diferente dependendo se seu marido é cidadão ou não.
      Respondi sua pergunta?
      Abs e boa sorte!

  8. Olá! Tudo bom? Estamos agilizando as coisas para irmos esse ano para a Irlanda. Minha esposa é cidadã europeia. Dentro desses direitos obtidos pelo stamp 4, você sabe informar se o de viajar pela união européia está incluso? (Junto com minha esposa ou sozinho mesmo) Ou pelo fato de não ser cidadão eu precisaria de visto pros países?

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Daniel, tudo bem?
      Stamp 4 é algo apenas para a Irlanda, nao é para qualquer lugar da Europa, é uma autorização de residência na Irlanda. Mas brasileiros não precisam de visto para viajar como turista pela Europa. Em geral você tem 3 meses para viajar pela Europa nos países integrantes do Tratado de Schengen. Irlanda e UK não fazem parte deste tratado, mas brasileiros como turista também podem ficar por determinado tempo. Portanto, exceto que você não fique mais de 3 meses viajando, você não terá problema. Abs.

  9. Oi, tudo bem!!!

    Estou providenciando os documentos para dar entrada no visto Stamp 4, a minha dúvida é você traduziu sua certidão de casamento aqui na Irlanda? Caso sim poderia me indicar o lugar!! Amei seu post muito esclarecedor!!

    Att; Eliane

    1. Maria Helena says: Responder

      Bom dia Eliane, tudo bem?
      Não, eu já trouxe os documentos traduzidos do Brasil, infelizmente não tenho nenhuma indicação aqui na Irlanda.
      Obrigada pelo feedback positivo em relação ao post.
      Abs.

  10. Jones Marques says: Responder

    Oi Helena,

    Obrigado por nos ajudar com essas informações e fico feliz por você. Meu namorado irá tirar cidadania Italiana. Mais 4 meses á frente ele estará viajando para lá e assim que ele voltar iremos para a Irlanda. Já tive a experiência de estudar por 30 dias na Delfin English School em Fevereiro/2018. Me apaixonei pelo lugar e não estou aguentando ficar longe. Vivenciei todos os processos com meus amigos que iriam ficar 8 meses. Até tinha um amigo na minha acomodação que iria aplicar o STAMP4 da noiva que estava chegando em Junho desse ano. Mas ainda temos algumas dúvidas, não sei ao certo se você já respondeu uma delas no fórum. Mas, vale a pena casar antes no Brasil e trazer a certidão Juramentada ou Juramentar na Irlanda?
    Eu sou obrigado a comprar um curso de 6 meses nesse processo inicial para chegar e fazer todo o processo do STAMP 4 sem me preocupar? Meu namorado é professor de inglês aqui no Brasil e não será preciso se matricular em nenhuma escola, a única saída será encontrar emprego rápido para dar entrada. Mesmo que ele acabe de conseguir um emprego, somo obrigado a esperar um tempo para dar entrada devido acabar de chegar?
    Pelo menos ele conseguirá algo rápido por ter o passaporte vermelho e inglês fluente, coisa que nem todo mundo que tem dupla nacionalidade europeia tem. Se casarmos aqui, seria até melhor porque pularmos a etapa de esperar uns 30 dias para pegar a certidão de casamento da Irlanda e ganharíamos tempo para outra coisa. A regra de recebimento do definitivo (passaporte vermelho) sendo Italiano é dentro dos 2 anos ou dos 5 anos? Soube que o tempo mínimo é 2 anos e 5 para tentar a naturalização com o Passaporte Irlandês. A última dúvida é sobre O QUE PODEMOS FAZER NO BRASIL ANTES? Tudo isso em relação a dois homens (li também que não difere absolutamente nada). Sobre mudança nos sobrenomes, você indicaria? Nesse caso, por se tratar da cidadania Italiana do meu namorado e saber que mulher não pode adquirir o sobrenome do homem, como seria em relação aos gays? Sei que na Italia eles só deixam o primeiro e o último Italiano.
    Ou para facilitar você indicaria deixar tudo do jeito que está e só me preocupar com os prazos?

    No aguardo

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Jones, tudo bem?

      Se vocês decidiram casar, então casem no Brasil, muito mais fácil e simples, não precisam casar na Irlanda. Tragam a certidão traduzida para o inglês (juramentada) e pronto, só por garantia. Porque para o Stamp 4, é copia do documento só. Não exigem original de primeira pelo menos.
      Quanto a casamento gay, estas informações, infelizmente eu não tenho nenhuma. Mas não vejo que seria que seria problema se vocês tiverem a certidão.
      Com relação os pontos sobre cidadania italiana, eu não tenho muito conhecimento ainda. Sei que com 3 anos de casado, você pode aplicar para a naturalização que pode demorar 2 anos pra sair. Enquanto que você, cumprindo algumas regras (que não sei dizer quais exatamente) na Irlanda, pode entrar com pedido de cidadania após 5 anos aqui. Eu ainda não apliquei para a minha naturalização italiana, apesar de já ter direito. Por isso não sei te falar direito.
      Existe uma comunidade no face para o pessoal do Stamp4 / cidadania europeia que ajuda bastante nesta parte. Talvez valha a pena entrar lá quando estiver vindo pra cá. Segue grupo: Brasileiros UE / Stamp 4 – Dublin / Irlanda.
      Com relação a curso, se a intenção é trabalhar aqui, não teria porque comprar curso. Entrem como turista e quando estiver empregado, entrem com o pedido do Stamp 4. Caso não consigam emprego neste período, aí sim, você pode pensar em curso de inglês e aplicar para estudante. Tudo que estou falando aqui é sugestão, mas você pode vir sim como estudante para ficar mais tranquilo e até dar uma melhorada no inglês.

      Desculpe não poder ajudar com a questão italiana, mas espero ter ajudado com o Stamp 4.
      Abs

  11. Olá Maria, adorei o seu post mas o que eu queria mesmo é ter a mesma sorte que você teve.
    Atualmente sou apenas cidadão brasileiro mas sou casado com um cidadão europeu no caso Alemão.
    Enviamos o formulário inicial 28/12/2017 e já recebemos 2 cartas, uma pedindo mais comprovante de residencia, após enviarmos eles respondendo pedindo uma carta do landlord informando que ele sabe que moramos em sua residencia.
    No caso estamos morando com a minha cunhada, a casa alugada no nome do filho dela, dividimos as contas e o aluguel meio a meio desde que chegamos.
    O problema está que o landlord não responde nada e pelo visto nunca respondeu solicitação nenhuma que tenha sido feita, ele fez o contrato e sumiu, não responde email, não atende e muito menos retorna ligações. Para comprovar que nós dois moramos aqui nós usamos o Bank Statement do meu marido e compramos Sky por assinatura em meu nome, pois não conseguimos colocar as contas de energia/gás em nosso nome, assim como cartas do Revenue no nome dos dois quando nos cadastramos lá e cartas que recebemos quando pedimos o PPS.
    Em nenhuma das cartas resposta eles nos convidaram para pegarmos um visto para que possamos esperar a data final do processo. Só dizia no final que caso falhássemos em enviar o que foi solicitado a decisão final seria tomado com base nos documentos que eles possuem em arquivo e a falta de algum pode acarretar em interferência na decisão final. Uma opção é mudar de casa mas não temos o dinheiro dos depósitos ainda, ainda que tivéssemos não seria tão fácil encontrar casa rápido. Algumas pessoas nos recomendaram meio que mentir sobre os papéis, ou uma carta fake do landlord dando o numero de um amigo e ele fingiria que é o landlord caso ligassem, mas não gosto muito da ideia pois o risco é muito grande. Pela sua experiencia, você acha que uma gambiarra assim funcionaria ou seria melhor enviar um email para eles explicando a situação e do porque não temos ainda a documentação que nos foi solicitada e pedir um auxilio do que fazer a partir disso?

    PS. Dias atrás ao analisar a documentação que enviamos descobrimos que enviamos o contrato de locação vencido e quem alugou a casa não tem em mãos o atual e não conseguimos falar com o landlord para que ele nos dê uma cópia do contrato novo e a tal carta que precisamos. E pode ser por isto que ainda não enviaram a carta convite para tirar o visto temporário.

    1. Maria Helena says: Responder

      Bom dia Mauro, tudo bem?

      Eu recebi duas cartas, duas folhas separadas, uma pedindo a documentação extra e a outra dizendo do visto temporário. Tem certeza que não recebeu essa outra folha? Enfim, claro que cada processo será um processo diferente. O caso de vocês é um pouco mais delicado porque vocês não terão o RTB em seus nomes, correto? Mas o casal que mora com você teria esse documento ou o landlord não emitiu? Porque aí vocẽs poderiam enviar o RTB em nome deste casal e uma carta do casal dizendo que vocês moram junto, já que não conseguem com o landlord de jeito nenhum. Eu não faria nada “errado” pois pode acabar pior. Melhor mandar um email e uma carta explicando o problema e pedindo ajuda. Não há nada de errado se o problema está com o landlord e não com vocês.
      Difícil saber o que fazer, é um pouco por tentativa e erro. Importante é tentar se comunicar com a imigração e evitar futuros problemas.
      Abs.

      1. Oi Maria, muito obrigado por responder.
        Depois que li a sua postagem falando das duas cartas juntas eu também pensei que poderia não ter visto e procurei em tudo aqui novamente, todos os papeis da cidadania eu guardo em uma pasta separada e realmente não chegou nada junto, apenas a carta solicitando mais documentos.
        Na segunda carta eles disseram que faltava algo que fosse aceitável como prova de residencia, e havia uma informação assim: Caso vocês morem com outra pessoa (aluguel não está no nosso nome) a pessoa deve entregar os documentos solicitados junto com uma carta do landlord informando que ele sabe que moramos em sua residencia.
        No caso o PRTB que está registrado no nome deles, não estávamos encontrando mas eu consegui solicitar um novo e já está comigo. No caso eu mandei as contas no nomes deles e uma carta do casal informando que moramos com eles e precisava do contrato de locação só que já havia enviado ele na primeira solicitação. Informei na carta onde expliquei a nossa condição de moradia que foi solicitado uma carta do PRTB e que em breve chegaria e já enviaríamos.
        No caso estamos com medo pois já assisti a todos os relatos de processos de Stamp4 e li muitos textos como o seu explicando como foi para eles, no meu caso faltam 2 meses para a decisão final e ainda não enviaram a carta do pré visto. Para mim isto é sinal de que eles tem muita chance de negar o meu visto por algum motivo. Já que 90% dos relatos já receberam a carta na primeira resposta e alguns na segunda resposta.
        Enviarei hoje o email explicando a situação e pedindo ajuda, qualquer coisa eu respondo aqui como foi para caso alguém tenha o mesmo problema que eu e possa ser ajudado futuramente.
        Muito obrigado pela atenção.

  12. Camila Braga says: Responder

    Boa Noite! Gostaria de tirar uma dúvida. Tenho cidadania portuguesa e transcrevi meu casamento para Portugal, ou seja sou casada no Brasil e em Portugal. Tenho que apresentar as duas certidões de casamento ? Ou somente uma já basta? Você apresentou as duas? Teve que traduzir as duas também ? Obrigada!

    1. Maria Helena says: Responder

      Bom dia Camila,

      Pra que exatamente você precisa apresentar sua certidão de casamento se você possui cidadania? Para seu esposo aplicar Stamp 4? Se sim, você só precisa de cópia da sua certidão original traduzida, ou seja, do Brasil, não precisa da transcrição (já que é o mesmo documento).

      At.

      Maria Helena

  13. Mayara Fidelis Soares says: Responder

    Boa tarde, eu simplesmente adorei o seu post, mas eu tenho uma duvida em relação ao meu caso, eu pretendo morar com um Irish como união estavel, porem ele é separado, mas ainda casado, nesses casos eu tenho direito do visto Stamp 4?

    No aguardo, obrigada !

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Mayara,

      Boa pergunta. Não consigo te responder esta pergunta. Não conheço nenhum caso como o seu. Melhor falar direto com a imigração da Irlanda para ter certeza.
      Desculpe não poder ajudá-la.

      At.

      Maria Helena

  14. Raul Pessoa says: Responder

    Maria, parabéns pelo artigo e pela clareza na escrita.
    Estou com planos para ir para a Irlanda com minha esposa e filha. Eu tenho cidadania italiana, mas as duas somente brasileira. Somos casados e minha dúvida e se para traduzir seus documentos brasileiros, como certidão de casamento por exemplo, teve de ser feito por tradutor juramentado?

    1. Maria Helena says: Responder

      Bom dia Raul, tudo bem?
      Eu sugiro a tradução juramentada pois traz confiabilidade ao documento. Eu só juramentei a certidão de casamento que é o documento mais importante na questão do Stamp 4. Se seus filhos são pequenos, eles não precisam de Stamp 4, não precisam de visto. Mas ainda assim sugiro a tradução juramentada se precisar mostrar algo na imigração quando chegar. Eu tive filho aqui na Irlanda, então não precisei apresentar documento do meu filho, por isso não sei se eles requerem isso.
      Eu sempre penso que é melhor pecar por excesso, porque no máximo, você não precisará apresentar mas o terá em mãos se alguém pedir.
      Abs

  15. Vanusa Ferreira says: Responder

    Olá Maria, apenas uma dúvida. Para aplicar o Stamp 4, eu preciso só apresentar a certidão de casamento traduzida e juramentada, não precisa ser apostilada?

    Obrigada

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Vanusa, bom dia!

      Não precisa apostilar não, mesmo porque você somente enviará uma copia simples. Pelo menos eu não precisei e também conheço outras pessoas que não precisaram.

      Abs.

  16. Wellen Costello says: Responder

    Olá, Maria Helena. Gostei muito do seu blog! Estava faltando um blog atualizado sobre vistos e vida na irlanda em família. 👏🏽
    Eu sou casada com um irlandês que mora na Irlanda do Norte, eu ainda estou no Brasil e nós temos uma filha que nasceu no Brasil há dois meses. Ainda estamos perdidos no processo de imigração solicitando auxílio de um “immigration solicitor” para ter certeza de qual visto eu preciso. Espero em breve ter uma resposta e compartilhar com outras pessoas assim como você. Abraços! E nos mantenha sempre atualizados com seu blog. 🙂

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Wellen! Boa sorte no seu processo!!! 🙂

  17. Parabéns pelo post Maria,

    Fiquei uma dúvida referente a união estável. Eu e minha esposa nos conhecemos na Irlanda em 2013, voltamos p/ o Brasil e temos união estável oficializada no cartório desde Setembro de 2017. Nesse meio tempo eu consegui a minha cidadania portuguesa e estamos congitando voltar para irlanda definitivamente. Sendo a nossa união estável assinada em cartório (que é uma certificação official) ela se enquadraria como Qualifying family member: Form EU1?

    O processo de entrada seria o mesmo que vc descreveu? Teremos 3 meses de visto inicial p/ legalizarmos a nossa situação? eu dar entrada no registro de residência e ela no stamp4?

    obrigado pelas dicas!!!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Rafael, tudo bem?

      Obrigada pelo feedback sobre o blog. Ando meio ausente nos ṕosts, mas logo mais pretendo voltar a postar mais temas novamente. Mãe de bebê e grávida, confesso que meu cérebro está pifando. rsrs
      Quanto a sua pergunta, se você é cidadão europeu e possuem união estável, vocês podem aplicar para o Stamp 4, mas não pelo Qualifying Family Member (Form EU1), e sim pelo Permitted Family Member: Form EU1A (“se você estiver numa união estável, o seu caso é partner in a durable relationship e se enquadra em Permitted family member.”) Segue link com mais detalhes: http://www.inis.gov.ie/en/INIS/Pages/registration-eutreaty e link para o form: http://www.inis.gov.ie/en/INIS/Form%20EU1A.pdf/Files/Form%20EU1A.pdf

      E sim, o processo é o mesmo. Ela entra com um visto de 3 meses, como se fosse turista e durante este tempo, vai atrás da documentação para o Stamp 4. Lembrando que você precisa trabalhar ou ter fontes de rendas para ela poder aplicar.

      Abs

  18. Olá.
    Meu marido quer ir para a Irlanda em 2020, temos uma filha de 10 anos.
    Contudo, ele não é europeu.
    E o processo para reconhecer a minha nacionalidade aqui no Brasil, demora cerca de 10 anos (avós e bisavós são italianos).
    Como poderei levar a minha filha? Obrigada.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Amanda, tudo bem?
      O ideal é você verificar com um especialista em vistos, pois primeiro precisam saber qual será o visto de vocês para depois saber como trazer o filho.
      Infelizmente, não tenho conhecimentos específicos para qualquer tipo de visto.
      Abs

  19. Olá Maria
    Eu sou casada com um cidadão europeu mais atualmente ainda moramos no Brasil, mais pretendemos se Deus quiser, nos mudarmos para a Irlanda daqui a poucos meses. Gostaria de saber se sendo esposa posso passar juntamente com ele na fila da imigração para europeus? E se a nossa intenção e ir morar e trabalhar, mesmo assim eu entro como turista? ja passei pela imigração da Irlanda ano passado, quando eu fui visitar o país, e se bem sei eles não são nem um pouco legais, rsrs Quais dicas você me daria??
    Amei seu blog,
    desde já Mariana

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Mariana, tudo bem? Desculpe a demora na resposta, mas estou nos finalmentes da gravidez e ando bem cansadinha! 🙂
      Então, o melhor é vocês passarem na fila de não europeus, vocês dois juntos. Ele te acompanha nesta fila. Por ele ser cidadão europeu, vocês podem entrar no país e você não pode ser barrada. Quero dizer, o cidadão tem direito de ir e vir na Europa, então, entrar no país faz parte disso.
      A questão é que na Irlanda você não pode chegar e morar sem ter como se bancar, é necessário ter “renda” ou emprego. Por isso, eles podem encher vocês de perguntas, mas vocês podem dizer que ele irá trabalhar e você aplicará o Stamp 4 como esposa. Claro que nada é 100%, pode ser que eles engripem com vocês, tomem chá de cadeira, mas não acredito que neguem a entrada. O importante é não mentir, ser honesto, porque vocês não estão fazendo nada errado.
      Outra coisa, traga a certidão de casamento traduzida para não ter grilo. 🙂
      Se vocês se sentirem mais seguros, até podem comprar uma passagem de saída da Irlanda para dentro dos 3 meses dessas cias. aéreas low costs. Mas sinceramente, não sei se é necessário. 🙂
      Boa sorte!

  20. Olá Maria,
    meu nome e Mateus, e eu moro em portugal sou portugues e minha esposa e brasileira. gostaríamos de ir para a Irlanda agora em Dezembro mas queria saber o que preciso dizer na imigração para que seje tudo ok. tenho minha prima que mora la com o marido e ela e italiana.
    mas fico com medo de nos barrarem por algum motivo.

    obrigado.

    1. Maria Helena says: Responder

      Boa tarde Mateus,
      Não entendi direito se vocês virão morar ou a passeio. Se virão a passeio, não tem erro, apenas precisam de passagem de volta para Portugal com data menor que 3 meses e uma carta convite da sua prima que te receberá na casa. Se for para morar, tudo depende se você tem ou não emprego, qual será sua situação aqui. Dá uma lida neste post: Ele fala sobre os documentos para apresentar na imigração.
      Abs.

  21. Olá Maria, para me certificar que entendi corretamente: você não iniciou nada do Brasil, você apresentou os docs na imigração, concederam o visto temporário à você é somente a partir daí que você indicou o processo do stamp 4 definitivo, é isso?

    Obrigado

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá João, bom dia!
      Isso, correto. Nem é possível iniciar o Stamp 4 no Brasil. Precisa estar aqui na Irlanda, pois você precisa de endereço permanente na Irlanda.
      Abs

  22. Boa tarde Maria Helena!
    Gostaria de uma ajuda … namoro aqui no Brasil e ele vai para a Itália mês que vem tirar cidadania, depois disso vai para a Irlanda onde já tem emprego certo e começar a trabalhar. Quando estiver com os documentos da cidadania em mãos, vou pra lá como turista e a ideia é nos casarmos lá e eu solicitar um visto Stamp 4. Vê alguma dificuldade nesse processo? Nos casarmos logo que eu chegar no país e já solicitar o visto Stamp 4 pode ser um problema? Tem risco de ser negado ou algo do tipo?
    Se tiver alguma dica, agradeceria muito.
    Desde já, agradeço.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Natália, sem problemas nenhum casar e sem seguida dar entrada no Stamp 4, não creio que seja negado. Mas por quê não casar no Brasil? Pelo que vejo, casar aqui é mais complicado, demorado. Vejo relatos em grupos no face de muita gente que vai pra outros países para casar. Abs

  23. Ola,
    O conjuge de europeu que está solicitando o visto stamp 4 precisa ter alguma comprovacao de residencia no nome dele? Ou essa comprovacao pode ser no nome do europeu (contrato de aluguel e PRTB). E como é comprovada renda? Imagino que o solicitante do stamp 4 nao tem conta bancaria no seu nome, apenas o europeu…..dessa forma a confirmacao de renda pode ser feita no nome do europeu?

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Marcelo, boa tarde!

      Sim, tanto o cidadão europeu quanto o cônjuge precisam de comprovante de residência, mas não necessariamente, precisa ser uma conta de luz ou gás. Pode ser uma conta de celular, um seguro, qualquer coisa que comprove onde vocês moram. O PRTB também deve ser no nome dos dois, esse é o padrão, mas existem pessoas que conseguiram o Stamp 4 sem o PRTB no próprio nome explicando as razões disso. A comprovação de renda é somente do cidadão europeu. No próprio formulário a ser preenchido, você tem todas essas informações.

      Qualquer dúvida, estou á disposição.

      Abs

  24. Fico garto pela matéria, pois contribui muito para meus estudos. Quero seguir esse site e espero mais conteudos como esse. Na verdade é bem dificil conseguir boas materias assim, parabéns!

    1. Maria Helena says: Responder

      Obrigada Jhonatam!

  25. Amei o post, tenho uma dúvida, faço 1 ano de casada agora em setembro, sou cidadã europeia e vou estudar inglês na Irlanda. Em relação a passagem aérea, tendo a carta de aceitação da escola, você acha melhor eu comprar uma passagem ida e volta? Em relação ao passaporte europeu, eu tirei ele quando estava solteira, não precisa fazer a transcrição do casamento e renovar o passaporte para valer o direito do meu marido ao stamp 4, ou não altera em nada e só precisa da certidão mesmo?

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Pamela, tudo bem? Se você for morar na Irlanda, você precisa de uma comprovação de que pode se manter aqui ou algum contrato de trabalho para evitar dor de cabeça na imigração. Nao é necessario passagem de volta neste caso, pelo menos na teoria. Mas sem essas comprovações, é um risco. Nao acredito que irão te impedir de entrar já que é cidadã. Mas seu marido, ele, sem sua “comprovação” de ter como bancá-lo, o ideal seria ter passagem de volta sim.
      Ja para aplicar para o stamp 4, nao necessita de transcrição na sua comune, pois nao ha ralação entre Stamp 4 e cidadania italiana. Voce so precisa da sua certifao de casamento (brasileira, se casou no Brasil) traduzida.
      At.

  26. Evelyn Loriato says: Responder

    Olá Maria Helena parabéns pelo site
    Na falta de comprovação de emprego dentro dos três meses, quais seriam as opções aceitas para comprovação de renda na aplicação do stamp 4, acho que meu mariado que tem cidadania não terá emprego em três meses, pois o inglês dele é muito zero.

    1. Maria Helena says: Responder

      Oi Evelyn,

      Acabei de responder pra você na mensagem anterior. Desculpe a demora, mas esta corrido com os dois bebês. Rsrs

      1. Maria Helena says: Responder

        Boa noite Evelyn,
        Infelizmente nao sei dizer quanto é exigido como comprovação de renda para o casal para que voce consiga o Stamp 4. Entra no site da imigração e manda um email perguntando, eles costumam responder. Desculpe nao poder responder sua pergunta…
        Abs

  27. Ola tudo bem?
    Adorei o post, parabéns! Bom, eu e meu marido temos uma conta no site https://www.trustedhousesitters.com/house-and-pet-sitting-assignments/, temos amigos que conseguiram ficar 3 meses em uma casa sem pagar nada, apenas com troca de favores( eles cuidavam dos pets ), então pensamos em fazer isso também, mas ai entra na questão da comprovação do aluguel, sendo que não iremos pagar luz, telefone, tipo, não iremos pagar nada. A única opção é apresentando um valor bom, ou tem outra opção na minha situação?

    Obs: Iremos ficar no máximo 1 ano e meio na Irlanda, por isso iremos fazer isso (em relação ao site).

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Pâmela,

      Se vocês vão ficar apenas 1 mês e meio na Irlanda, porque precisam do Stamp 4, não entendi? O Stamp 4 nem sairia neste prazo, demora meses. Porque não entram como turista e assim não precisaria comprovar nada?

      At.

      1. Iremos ficar 1 ANO e meio kk, quem sabe mais?! Mas por enquanto 1 ano e meio. Por isso do stamp 4. Como comprovaria renda neste caso?

        1. Maria Helena says: Responder

          huahuah gente… li totalmente errado. Desculpe. Isso é a cabeça de uma mãe de dois bebês! rsrs
          Então, tentei encontrar o post sobre o assunto no grupo de Stamp 4 no facebook (https://www.facebook.com/groups/980377285306841/) mas não encontrei.
          Vale a pena mandar um email questionando a Imigração sobre o comprovante de aluguel, porque não sei como fariam. O comprovante de residência, não precisa ser conta de luz ou gás, eles aceitam conta do seguro saúde, alguma correspondência que conste o seu endereço. Isso eu mesmo havia questionado.
          Mas, entre em contato com eles para ter certeza. Desculpe, mas não tenho essa resposta.

  28. Olá Maria Helena.
    Primeiro obrigado por ser tão solícita e minuciosa em seu post e nas suas respostas. Já tirei várias dúvidas que teria para perguntar. Sou brasileiro, minha esposa irá para a Itália conseguir a cidadania Italiana e, depois disso, esperamos nos encontrar na Irlanda. Lá ela tentará conseguir um emprego para que eu possa pedir o stamp 4. Minha dúvida é se ela pode conseguir apenas um emprego mais “simples”, como de vendedora de loja ou em um restaurante para que eu possa aplicar para o stamp 4, ou se seria necessário alguma nível de emprego ou faixa de salário específico.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Jean, tudo bem?

      Não tem nada no processo que fale o valor que o europeu precisa ganhar para manter a família. Mesmo porque, quando o cônjuge recebe o Stamp 4, ele também pode trabalhar. Vocês podem dividir casa, enfim, acredito que um emprego “simples” como você diz está ok. Talvez você possa fazer esta pergunta no grupo do facebook de Stamp 4 (https://www.facebook.com/groups/980377285306841/) que acredito que alguém já deve ter buscado esta informação e possa te ajudar. 🙂

      Desculpe não poder ajudar muito… 🙂

      Abs e bom fim de semana!

  29. Ola Maria. Parabens pelo post, ajudou bastante.
    Mas ainda estou com duvida em uma questao. Apos aplicar para o stamp 4 eu nao posso me ausentar da Irlanda antes de ter o visto provisorio?
    Desde ja agradeco e desculpe a falta de acento…teclado britanico. rsrs

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Vinicius, obrigada pelo feedback. Fico feliz em ajudar no que posso.
      Desculpe a demora, mas está bem corrido com 2 bebês! rsrs
      Sim, você pode se ausentar normalmente. Você tem algum visto no seu passaporte? Se tiver de turista ou estudante, vida normal.
      Caso não tenha visto, aí vai ter que contar a historinha toda na Imigração, aí também vai depender da interpretação da pessoa que te atenderá.
      Eu, quando fui ao Brasil, estava com o temporário mas ele iria vencer antes de eu regressar. Então fui pessoalmente na Imigração e expliquei do receio de retornar sem o visto. Me deram uma extensão de 1 mês, assim eu voltaria com visto. Tudo é conversar também e saber se explicar.

      Espero ter ajudado. abs.

  30. Olá Maria Helena, adorei seu post, me ajudou muito. Gostaria de tirar uma dúvida com vc, quando vc enviou os documentos junto com o formulário EU1, o passaporte foi enviado o original ou uma cópia de todas as páginas (mesmo as que estao em branco)?

    1. Maria Helena says: Responder

      Ola Ana Luiza, tudo bem?
      Somente copia. Só envie copia, exceto que peçam por alguma razão, algum original. Sim, enviei todas as páginas, inclusive, as em branco.
      Note que o passaporte tem numeração nas páginas, garanta que estejam todas para evitar dor de cabeça.

      Abs.

  31. Ola, Maria! Desde já agradeço o conteúdo importantíssimo. temho dúvida em relação ao contrato de aluguel, temos o contrato mas apenas no nome do meu noivo (vamos nos casar agora em novembro) quando aplicar o stamp 4 você acredita que o contrato apenas no nome dele terei algum problema? Nesse meio termo estou indo ao Brasil também, e voltando poucos dias antes do visto de turista vencer, minha preocupação é a imigração reclamar algo, mas neste caso que já tenha enviado os documentos Ainda sim corro risco? Grata.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Mariana, tudo bem?

      Primeiro quanto ao contrato, creio que seria ideal pedir para incluir seu nome também. Mas, se você tiver alguma outra conta da casa no seu nome, não creio que terá problema. O problema é o contrato ser em nome de uma pessoa que não faz parte do processo. Você pode tentar enviar assim, e se não aceitarem, vão pedir para você enviar em seu nome também. Não será “negado” por conta disso.
      Quanto ao visto, relaxa, porque você tem visto, então está coberta. Aconteceu isso comigo ano passado. Meu visto provisório ia vencer e eu estaria no Brasil. Pedi extensão na imigração e me concederam. Então cheguei aqui com menos de 1 mês de visto só. E nenhum problemas. Apenas olharam e pediram para eu ir atrás disso.
      Leve com você novamente a certidão de casamento e fala que você já deu entrada no Stamp 4 e está aguardando. Se você não tem nada de errado, eles não barrarão. Conta a historinha e tudo bem. 🙂

      Bom fim de semana!

  32. Oi, tudo bem?
    Vamos para a Irlanda no começo de 2019 e já estamos nos informando sobre toda a documentação necessária. Meu marido tem cidadania italiana e eu vou pedir o Stamp 4. Só que olhando o formulário aqui, ele já pede o PPS number e é sobre isso minha dúvida. Preciso solicitar o PPS number antes de preencher e enviar o EU1 com os documentos? Ou envia o EU1 e ao receber a primeira carta resposta que eu vou atras de obter o PPS? O que eu preciso fazer primeiro ao chegar?

    1. Maria Helena says: Responder

      Oi Vivian, td bem? Tinha a impressão que já tinha respondido sua pergunta, mas estava aqui como pendente. Vamos lá.
      O PPS é muito rápido de tirar, inclusive você consegue agendar pela internet antes mesmo de chegar na Irlanda. Como você precisará juntar alguma documentação antes de mandar, o tempo de fazer isso, talvez seja o tempo de tirar o PPS. Eu já mandaria com o PPS de primeiro. Mas caso você não consiga agendamento, mande sem o PPS mesmo e aguarde a carta que com certeza vão requisitar. Abs

  33. Olá Maria
    Adorei seu blog. Como sempre nos ajudando e muito nessa nova fase.
    Quando você chegou aqui na Irlanda, você já falava inglês?
    Se não, me conte como foi e quais dicas você me daria. Meu esposo fala fluentemente, mais eu…
    Tem sido uns dias difíceis, rsrs
    obrigada!
    Abraços

  34. Felipe Gamboni says: Responder

    Gostaria de saber do meu caso, estou indo para a Itália tirar a minha cidadania, irei para a Irlanda assim que conseguir, minha mulher e filho irão depois. Não somos casados e não possuímos união estável registrado. Haveria algum problema? Seria considerado para eles união estável por termos um filho juntos?
    Espero que saiba me responder. Parabéns pela página! Muito boa!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Felipe, tudo bem?
      Sim, união estável não precisa de documento, apenas constatação de tempo de união através de registros e filho com certeza ajuda. O processo do Stamp 4 é diferente mas o visto é o mesmo, então no fim, sua esposa terá o Stamp 4 igual.
      At.

  35. Dalila Fritz says: Responder

    Oi Maria Helena. Tudo bem?
    Obrigada pelas dicas.
    Vou me casar em novembro. Se eu puxar o sobrenome do meu marido eu precisarei atualizar meu passaporte com o nome de casada antes de pedir o stamp 4, pois meu nome na Certidão de casamento estara diferente do nome do passaporte.
    Obrigada.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Dalila, tudo bem?
      Não acho que terá problema, porque é normal as pessoas alterarem o nome e se o passaporte ainda está válido, não teria porque fazer outro. Na certidão de casamento, constará o nome de solteira, então acho que tudo bem.
      Mas você pode mandar um email para a imigração questionando, eles costumam responder.
      Abs

  36. Oi, Maria. Tudo bem?
    Ótimo post. Minha dúvida:
    Vou voltar pra irlanda com minha esposa europeia e pegar meus ultimos 8 meses de visto de estudante. Caso meu stamp 4 não saia nesse prazo, tenho a opção de comprar um curso de graduação, porém é muito caro. Enfim, tu acha que consigo alguma extensao de visto ou preciso deixar o país caso nao opte pela graduação?

    Obrigado!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Felipe, tudo bem?
      Então, você nem precisa do curso para ir para a Irlanda com sua esposa se ela é cidadã, é uma opção sua. Você entra como turista, e no prazo de 3 meses, inicia o processo do Stamp 4. Se seu visto vencer, não tem problema, pois você já entrou com o processo. Não tem que se preocupar em pagar nenhum curso. importante é iniciar o processo antes do visto vencer, seja visto de turista ou estudante.
      Abs

  37. Ola Maria, obrigado pelo help!!
    Minha esposa estara com passaporte Italiano logo logo e estamos pensando em ficar um tempo na Irlanda, moramos na Australia hoje. 🙂
    Minha duvida seria sobre esse periodo de espera do Stamp 4, acredito que nao posso trabalhar correto? Como sou da area de IT e recebi contatos de Dublin para entrevistas, gostaria de tentar algum job e visto assim que chegar, ate o Stamp4 sair. Nao quero ficar sem trabalhar por 8 meses hehehe. Muito dindin saindo…
    Masss, sera que posso dar entrada no Stamp 4 sem contrato de aluguel? Pensei em aplicar e viajar por uns meses, acho que nao tbm, massss vou aguardar seu feedback.

    Obrigado mais uma vez,
    Juliano

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Juliano, tudo bem?
      Vamos lá… Primeiro só de falar de Austrália, meu coração enche de saudades. Morei aí há 11 anos atrás!!! Saudades deste paraíso.
      Você não precisa esperar os 8 meses para trabalhar, assim que sair o provisório, você trabalhar normalmente. Isso é rápido, o meu não levou 1 mês a partir do envio dos documentos. Outra coisa é que tem tanta vaga aqui, que você pode conseguir emprego com visto de trabalho, como brasileiro, sem cidadania europeia ou Stamp 4. Claro que com cidadania é muito mais rápido pq não tem o tempo de espera do visto. Mas existe esta possibiidade.
      Já para o Stamp 4, você precisa de residência, contrato de aluguel e o PRTB (documento de registro de aluguel). Você pode aplicar e viajar com o visto de turista (3 meses), mas precisaria destes documentos de qualquer forma.
      Abs

  38. Olá!!
    Tudo bem? Estou para me casar com meu noivo 10 dias antes do meu visto de estudante expirar. Vou me casar no dia 13 e meu visto vence dia 23. Assim que me casar vou mandar a documentação para a aplicação para a imigração. Você acha que teria problema meu visto vencer e eu ainda não ter tido uma resposta da imigração ? Muito obrigado

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá, boa tarde! Tudo bem e vc?
      Não acredito ter problema seu visto vencer se você der entrada certinho na documentação antes disso. Mas se tiver insegura, manda um email para a imigração, eles respondem. Pelo menos sempre me responderam. 🙂
      Abs

  39. Índira Alves says: Responder

    Maria tudo bem?deixa eu te pergunta vc sabe me dizer sobre o stamp 3..meu esposo esta na irlanda a 4 meses ele é legal no país..Gostaria de saber com quanto tempo eu e minha filha podemos ir para irlanda como dependente do permit dele..

    1. Maria Helena says: Responder

      Oi Índira, bom dia! Desculpe, não entendi sua pergunta. O seu esposo já tem o Stamp 3? Se você é casada com ele, você pode ir para a Irlanda há qualquer momento e dar entrada no seu visto (que eu infelizmente não conheço o processo). Uma família “não pode ser separada”. Você e sua filha podem ir atrás do visto a qualquer momento. O que pode acontecer é de você não poder trabalhar. Cada visto tem suas características, e eu não conheço sobre o Stamp 3 do seu esposo. Abs

  40. Isa Marques says: Responder

    Bom dia! Tudo bem?
    Meu filho e nora moram na Irlanda, ela cidadã europeia e ele com stamp 4. Nessa situação, haveria alguma possibilidade de que eu, meu marido e nosso filho menor de idade nos mudarmos para lá e ficarmos de forma legal? Em função da situação deles, existe algum tipo de visto onde nos enquadraríamos?

    1. Maria Helena says: Responder

      olá Isa, tudo bem? Você e seu maridos como sogros de um cidadão europeu poderia sim tentar o visto de residência, mas não é certo que conseguiriam, pois existem regras, como dependência financeira ou de saúde, coisas do tipo. Seu filho, se vocês recebessem o visto, acho que estaria coberto, pois é dependente. Mas isso tudo é um pouco de achismo. Dá uma olhada no site da imigração INIS, que lá tem os detalhes de quem tem direito ao visto de residência ou consulte algum especialista no assunto. Infelizmente eu não tenho este conhecimento com profundidade.
      http://www.inis.gov.ie/en/INIS/Pages/EU%20Treaty%20Rights/
      Abs

  41. Olá Maria , tudo bem ?
    Estou fazendo intercâmbio aqui na Irlanda tem 1 ano e 3 meses , namoro uma nativa e minha duvida é sobre o Stamp 4 .
    Precisamos nos casar para pedir o visto ?
    O tempo de casados é algum problema ?
    Ela precisa estar empregada ?
    Devo começar o processo depois que terminar o intercâmbio , pois faltam 7 meses ainda ?
    Obrigado

    1. Maria Helena says: Responder

      olá Junior, tudo bem? Você não é obrigado a casar, você pode usar a união estável. Tem um formulário específico para isso no qual comento no post. A única questão é que não sei se há um tempo mínimo de união para ser considerado estável e também como você faz para comprovar isso. Se casasse, não importa o tempo de casado não e não acredito ser necessário aguardar o fim do seu visto, até porque você
      precisar estar legal no país para solicitar o Stamp 4 para evitar problemas. Mesmo porque, o Stamp 4 pode demorar mais que os 7 meses para sair.
      Além disso, sim, a sua esposa tem que estar trabalhando ou comprovar renda suficiente para vocês dois viverem aí. Abs e boa sorte.

  42. Olá, adorei o post. Porém fiquei com uma dúvida!
    Meu marido é cidadão europeu, pretendemos ir morar na Irlanda em breve, vamos juntos. Posso entrar com o visto de turista e logo que ele conseguir um emprego aplico para o Stamp 4? Ou seria melhor eu entrar como estudante, tendo em vista que o visto é mais longo? Aí sim aplicar ao 4 com mais calma. Abs

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Rafael, tudo bem? Desculpe a demora, mas estou em férias no Brasil e está uma correria.
      Como acabei de responder uma colega nossa aqui em cima, sim, vocês podem entrar como turista e depois aplicarem para o Stamp 4. O que muitas vezes fica complicado, é que se você disser que é turista, eles provavelmente vão pedir comprovação de renda do tempo que irão ficar e a passagem de volta ou saída da Irlanda. Aí caso em 3 meses ele não arranje emprego ou sei lá, você pode aplicar para o visto de estudante se necessario, posteriormente. Espero ter ajudado. 🙂
      Abs e boa sorte!

  43. Boa tarde,

    Tenho uma dúvida quanto a união estável. Meu companheiro conseguiu uma bolsa de doutorado na Irlanda e nós temos a documentação de união estável assinada em cartório aqui no Brasil.
    Nesse caso é possível eu conseguir o visto para permanecer com ele na Irlanda o tempo que ele estiver cursando seu doutorado?

    Agradeço desde já,

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Léia, boa tarde!
      Desculpe não poder ajudar, mas não tenho conhecimento sobre vistos relacionados a bolsas de estudo. Não sei dizer se você pode ir ou não.
      Melhor entrar no site da imigração INIS e consultar sobre este tipo de visto. Provavelmente, você poderá ir, mas não sei como funciona.
      Abs

  44. Olá Maria, tudo bem?
    Me tira uma dúvida, meu esposo tem cidadania italiana e estamos pensando em ir para a Irlanda ano que vem para morar.
    Como não queremos inicialmente gastar com escola, é possível irmos como turista e lá procurar um lugar para ficar e também um emprego? (no caso do meu esposo que tem a cidadania).
    Se sim, logo que ele encontrar um emprego, já podemos dar entrada no Stamp 4?

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Patrícia, Boa tarde! Desculpe a demora, mas estou em férias no Brasil com os bebês e está uma correria.
      Sim, vocês podem entrar como turista e depois aplicarem para o Stamp 4. Ele nem terá visto, só o passaporte dele é válido. O que muitas vezes fica complicado, é que se você disser que é turista, eles provavelmente vão pedir comprovação de renda do tempo que irão ficar e a passagem de volta ou saída da Irlanda. Tendo isso, aparentemente não teria problema algum. Se fosse só ele, acho que nem teria que comprovar nada, mas como você é brasileira, precisa de visto, eles podem requerer. 🙂
      Abs e boa sorte!

  45. Olá, obrigado pela vossa disponibilidade.
    Gostei muito do seu post, vou acompanhar o seu blog/site.

    Muito obrigado
    Manuela Silva

    1. Maria Helena says: Responder

      Obrigada Manuela!

  46. Olá,
    Recomendo vivamente o seu blog/site.
    Gostei muito do seu Post.
    Obrigado
    Pedro Miguel

    1. Maria Helena says: Responder

      Obrigada Pedro!!! Fico mmuito feliz!

  47. Maria Izabela Lamounier Duarte says: Responder

    Boa tarde, sou casado com cidadão Europeu, como devo proceder em relação ao visto para mim? Bom vamos juntos para a irlanda no final de 2019, gostaria de saber como vamos ter que fazer, pois ele não vai estar trabalhando, devo ir como turista? Como vamos fazer na imigração? Devemos comprar passagens de ida e volta? Em relação ao Stamp 4 devemos chegar e aguardar os 3 meses ou nesses 3 meses ja devo encaminhar toda documentação para o processo?

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Maria Izabela, se ele não estará trabalhando, você pode entrar como turista até ele arranjar um emprego (dentro dos 3 meses) e se aplicar para o Stamp 4 conforme post. Ou, a outra opção seria aplicar para o Stamp 4 com recursos próprios, mas não sei quanto de dinheiro eles pedem como comprovação. Se você já tiver os documentos assim que chegar (incluindo dados de recursos próprios ou emprego), você já deve enviar antes do seu visto vencer para não ter dor de cabeça.
      Abs

  48. Mariana Mig says: Responder

    Boa noite Maria, quando você foi na imigração tirar seu stamp provisório você pagou alguma taxa?
    Abraços

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Marina, se for o Stamp 4 você não paga nada em nenhum momento. Se for algum outro, pode ser que sim. Abs

  49. Olá,

    O meu caso é um pouquinho diferente do seu , gostaria de ver se você consegue me ajudar.
    Meu marido tem a cidadania Italiana e trabalha com TI, decidimos ir para Irlanda para ele procurar emprego lá, vamos daqui alguns meses e ele está procurando . Em paralelo eu comuniquei onde eu trabalho e existe uma grande possibilidade de eu conseguir uma vaga na unidade da Irlanda da empresa que eu trabalho (eu não tenho cidadania europeia). Se chegarmos na Irlanda com a cidadania do meu marido mas ele ainda sem emprego e eu com a vaga na empresa eu consigo tirar o stamp 4 da mesma forma que você tirou? (Pois a minha empresa está considerando que eu vou tirar a documentação pelo meu marido). Tem algum outro processo que você recomenda?

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Paty, tudo bem? Eu sugiro você aguardar seu marido arranjar um emprego na área de TI (já que tem bastante oferta) e você em seguida se aplica para o Stamp 4. Com o visto provisório, que vem em menos de 1 mês, você já pode trabalhar normalmente.
      A outra opção seria aplicar o Stamp 4 com recursos próprios (dinheiro na conta), Só não sei dizer quantos euros você precisaria.
      Você chegou a ler o post do meu marido de como ele arranjou emprego em 2 semanas? Dá uma lida, de repente ajuda.
      Como consegui emprego na Irlanda em 2 semanas

      Abs

  50. Recomendo vivamente o seu blog/site.
    Achei-o de excelente qualidade.
    Obrigado
    Ana

    1. Maria Helena says: Responder

      Obrigada Ana!!! 🙂

  51. Marcos Lopes Silva says: Responder

    Olá Maria Helena, tudo bem?
    Adorei suas dicas. Então, vim para a Irlanda como estudante em Fev de 2018. No início de Ago conheci meu esposo e em Set decidimos casar na Ilha de Aero na Dinamarca (por ser mais rápido o processo). Aplicamos para o stamp 4 antes do meu visto vencer em Out. Recebi meu stamp 4 duas semanas após eu aplicar. A dúvida é: precisamos de um período juntos como casados para comprovar o relacionamento?

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Marcos, que ótima notícia! Tudo dando certo para vocês! uhuu!
      Não, você não precisa de tempo de casados, casou, basta! 🙂
      Mas você já não apresentou a certidão de casamento para o temporário do Stamp 4? Se puder esclarecer se fez algo diferente, porque as vezes ajuda outros que estão tentando aplicar.
      Abs!

      1. Marcos Lopes Silva says: Responder

        Obrigado pelo retorno Maria!! Então por ser um curto relacionamento e um casamento rápido, nós enviamos além da certidão de casamento, mais de 200 páginas da nossa conversa do whatsapp, Carta do RTB, conta de energia em nossos nomes, publicações juntos em redes sociais, declarações da minha familia, amigos do trabalho dele, dos meus amigos brasileiros, comprovante de que pagamos juntos o nosso casamento, enfim tudo que tinhamos como “Prova de Relacionamento” além dos outros requisitos legais. Entendemos que eles solicitaram essa comprovação por termos pouco tempo de casados e ver se não é um casamento fake, pois tem acontecido muito isso aqui. E se descobrirem que é fake, eles expulsam ambos do país.
        Então mesmo ter enviado esses docs, ainda estamos meio apreensivos mas acho que vai dar certo.
        Grande abraço!!!

        1. Maria Helena says: Responder

          Olá Marcos, vai dar certo sim! Obrigada pela resposta. Isso ajudará muita gente que me procura com esta mesma dúvida!
          Abs

          1. Marcos Lopes Silva says:

            Oi Maria, só queria compartilhar com você e seus seguidores que meu processo foi aprovado e agora eu consegui o visto de 5 anos como membro de familia de europeu. Agora é só comemorar rsrs… Abraço e valeu pelas dicas e apoio!! Sucesso pra você.

  52. Hey Maria, obrigado pela resposta. A Australia continua linda viu! 🙂
    Nao encontrei informacoes sobre valor que necessito ter em conta para aplicar Stamp 4 sem o partner que ‘e cidadao europeu estar trabalhando. Voce por acaso ja encontrou essa info por ai? 🙂
    Outra duvida 🙂 – As empresas sabendo que vc esta no processo do Stamp 4 podem oferecer um visto temporario durante os primeiros meses, isso existe ou aplicam o Work Visa e basta?

    Obrigado e grande abraco,
    Juliano.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Juliano, bom dia!
      Eu imagino que continua incrível. Ainda voltarei para levar marido e filhos para conhecer este paraíso.
      Quanto ao valor, não tenho ideia. Você pode tentar enviar um email através do site do INIS para ver se eles te dão alguma resposta ou ainda pode tentar o grupo do face de brasileiros Stamp 4. Lá tem muita gente e com certeza alguém já fez processo com recursos próprios.
      Com relação ao visto, você pode conseguir sim um emprego com visto da empresa, mas não são todas as áreas que liberam, é mais voltado para profissões de alta demanda. Não acho seu histórico aqui e não lembro sua área. Mas com o visto provisório do Stamp 4 (que costuma vir muito rápido), você já pode procurar emprego normalmente, pois em nenhum lugar vem escrito que é provisório. Você já recebe o seu cartão de residente e a vida segue. 🙂

      Boa sorte!

  53. Olá Maria Helena,
    Tenho uma dúvida, moro atualmente na Espanha com meu namorado, temos uma união estável registrada e eu também tenho o Cartão de Familiar de cidadão da união europeia, que seria o NIE, que me permite Viver e trabalhar aqui por um período de 5 anos.
    Quería saber se com isso posso pedir o Stamp 4 na Irlanda, ou seja, sendo familiar de um cidadão europeu. Obrigada

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Paloma,

      Sim, você pode pedir Stamp 4 na Irlanda desde que seu marido esteja empregado ou tenha condição de te sustentar. O Stamp 4 te dá, inicialmente, 5 anos de visto de residência com direito a trabalho também.
      Os passos são os mesmo que descrevo no post. Só preste atenção que tem dois formulários a preencher, um para casamento e outro para união estável (que tb explico no post). Então você precisa preencher o de união estável, o outro não é válido para vocÊ. No fim é o mesmo Stamp. 🙂

      Abs.

  54. Olá , casei com um Irlandes na Dinamarca.. Voce sabe me dizer como eh o processo pra dar entrada aqui na imigração, ja que o mesmo eh irlandês? O que devo fazeR? Documentos? Tenho agendado para o dia 7 de fevereiro.. Mas estou perdido , nao sei o que fazer… se vai ser valido ou naiooo!! ajudaaa!!]

    obrigado!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Wellington,

      Não entendi sua pergunta direito. Você agendou na imigração dia 7? Antes de ir na imigração, você precisa enviar os documentos conforme eu explico no post. Somente depois, quando eles enviarem a carta com seu Stamp 4 provisório, é que você deve agendar e ir à imigração.
      Precisa preencher o formulário e enviar os documentos conforme explico um pouco no post.

      Abs

  55. Paula Cipro says: Responder

    Que legal. O comprovante de renda só pode ser com contrato de aluguel no nome do cidadão europeu?? Porque Eu moro em uma casa e divido com outro casal. O contrato esta no nome do outro casal.

    1. Maria Helena says: Responder

      Bom dia Paula,

      Eles pedem comprovante de residência no nome de vocês dois, bem como o contrato de aluguel e o RTB. Existem pessoas que conseguem o Stamp 4 com uma carta dos outros moradores dizendo que você divide casa, mas precisa do contrato de aluguel e RTB. Enfim, você pode tentar pedir que quem aluga a casa te de a copia dos dois documentos e assine uma carta dizendo que vocÊs dividem a casa. Mas você precisará de comprovante de residência, alguma conta que chegue neste mesmo endereço em seu nome e uma no nome do seu marido.

      Abs

  56. Marcelo Leite says: Responder

    Ola tudo bem com você e familia ???

    Temos uma dúvida, minha esposa está em fase final de processo da cidadania italiana dela , e estamos cogitando a hipótese de irmos juntos para a Irlanda, ela como cidadã europeia, e eu com visto de turista . E quando ela chegar ai , ela irá em busca de emprego para dai sim , eu iniciar o trâmite do stamp 4 , o que você acha??? Outra hipótese que estamos pensando é. Eu ir com um curso de 2 meses , e nesse meio tempo , ela procura um emprego se regulariza e eu poderei renovar ai mesmo o meu curso por mais tempo ?? Ou nesse meio tempo 3 meses no caso , posso dar início ao Stamp 4 e aguardar ‘ legalmente ‘ , e trabalhar , estudar enfim .

    São muitas e muitas dúvidas que temos , mais por hora estamos afim de sairmos juntos do Brasil .

    Atenciosamente Marcelo e Caroline .

    1. Maria Helena says: Responder

      Boa tarde Marcelo e Caroline,
      Esta é uma ótima ideia, a do curso melhor ainda. Mas se optar como turista também não tem problema nenhum, importante neste caso ter o dinheiro para ficar lá na Irlanda e ter como comprovar para a imigração, além da passagem de volta comprada (mesmo que mudem a data depois).
      Boa sorte e desculpe a demora, mas estive muitooo ocupada com os bebês.

  57. SANCLER ZANELLA JORGE JUNIOR says: Responder

    Oi, tudo bem? Eu sou cidadão europeu mas minha esposa é brasileira e estamos prestes à ir para a Irlanda, o que ela precisa para entrar, passar na imigração?
    É quais sãos os documentos que precisamos ao certo para o Stamp 4? Preciso do meu passaporte italiano ou a identidade basta? Para ainda não tirei o passaporte por economia, sabendo que posso entrar na maioria dos países só com a identidade, como tbm na irlanda…

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Sancler,
      Segue alguns comentários:
      “Eu sou cidadão europeu mas minha esposa é brasileira e estamos prestes à ir para a Irlanda, o que ela precisa para entrar, passar na imigração?”
      Veja este post Que documentos devo apresentar na imigração da Irlanda?
      “É quais sãos os documentos que precisamos ao certo para o Stamp 4?”
      As informações estão neste post mesmo, mas se quiser no detalhe, são muitos, então é necessário baixar o formulário que cito no post.
      “Preciso do meu passaporte italiano ou a identidade basta?”
      Sim, você precisa do seu passaporte para o Stamp 4. Para entrar na Irlanda, não é necessário, apenas a identidade basta.
      At.

  58. Ola como vai você e familia ??
    Minha dúvida é a seguinte, sou casado , e minha esposa está em fase final do processo de cidadania. E estamos querendo ir para a Irlanda, da seguinte maneira, ela com o passaporte Italiano ou RG italiano se assim for possível, e eu com visto de turista e dai quando ela chegar ai correr atras de emprego já que tenho alguns conhecidos ai que podem me ajudar , e eu depois que ela conseguir um emprego , aplicar o Stamp 4 … o que voce acha ??

    Atenciosamente Marcelo e Caroline.

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá! Está perfeito seu plano. Pode seguir assim. Importante ter o passaporte em mãos para entrar com o processo do Stamp 4. Abs

      1. Marcelo e Caroline says: Responder

        Obrigado pela informação 🙏🏼🙏🏼🙏🏼

  59. Oi tudo bem? Gostaria de saber se com o step 4 podemos trabalhar 40h e estudar? 🤗

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Gisele, com o Stamp 4 você tem os mesmos direitos que um cidadão. Portanto, sim, você pode trabalhar 40h e estudar. Abs.

  60. Olá Maria, tudo bem? Seu post foi bem esclarecedor, muito obrigada por isso! 🙂 Meu namorado tem a cidadania italiana e pretendemos nos casar esse ano e ir pra Irlanda no ano que vem, porém o que eu queria saber sobre o Stamp 4 (desculpe se você falou no post e eu não entendi direito), é se eu entrar com o visto de turista, de 3 meses e der entrada no Stamp 4, quando vencer o meu visto de turista terei que voltar? E caso não tenha que voltar, mas eu tenha comprado a passagem de volta, consigo mudar a data da passagem pra mais pra frente, caso eu pretenda vir passear? Ou eu perco a passagem?
    Obrigada!!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Priscila, tudo bem e vc? Vamos lá às suas dúvidas:
      “se eu entrar com o visto de turista, de 3 meses e der entrada no Stamp 4, quando vencer o meu visto de turista terei que voltar?”
      Não, você não precisa voltar, mesmo porque você já entrou com a documentação do Stamp 4. Inclusive, normalmente, você recebe o provisório muito rapidamente. Não se preocupe com isso. O que eu não faria: não sairia do país, caso o visto vença e você ainda não tenha recebido o provisório. Espere pelo provisório para fazer qualquer viagem (evite dor de cabeça).
      Abs e boa sorte

  61. Olá Maria Helena. Eu e meu filho temos cidadania italiana. MinhA esposa e meu enteado de 15 anos não. A nossa dúvida é se todos nós temos que ir com seguro saúde ao desembarcamos no aeroporto de Cork ? Minha esposa terá que comprovar 3000 euro pq ela vai entrar como turista até conseguir o stamp4, mas eu também tenho que comprovar 3000 euro ?

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Leonardo, você não precisa comprovar dinheiro, normalmente. Sua esposa e seu enteado sim, é importante ter este dinheiro disponível para apresentar. Quanto ao seguro saúde, você não precisaria, mas eles sim.

  62. Oi Maria Helena!!! Tudo bem??

    Muuuuuito obrigada por todas as informações!!! Eu iniciei meu processo aqui na Irlanda e usei várias (todas na verdade) dicas que você passou aqui… Mas poderia me ajudar mais um pouquinho?!
    Eu enviei parte (os que tinha) dos meus documentos para a Imigração (sou esposa de cidadão europeu) dia 17 de janeiro 2019 e até hoje (8 de março) não recebi a carta da imigração…. São 12 semanas para eles responderam? Essa informação ainda não encontrei. Outra dúvida, pela sua experiência, preciso enviar os documentos que faltam (RTB e contrato de aluguel). O que é melhor fazer? Enviar logo assim que tiver em mãos ou esperar essa carta chegar com a confirmação do meu processo? Muitiiiisimo obrigada 😍. Obrigada, Luciana Imposimato

    1. Maria Helena says: Responder

      Oi Luciana, tudo bem? Então, não existe prazo, tudo depende da demanda. E acredito que tem tido muita aplicação para o Stamp 4 só pela quantidade de brasileiros que vejo indo. Mas, você mandou carta registrada, certo? Já olhou se receberam certinho?
      Quanto a enviar a documentação, talvez valha a pena mandar tudo de novo, completo, porque se você apenas anexar os novos, como eles saberão de qual processo é já que você ainda não recebeu a carta com o número do processo? Talvez mande um e-mail, com seus dados questionando. Eu não sei exatamente como fazer, são apenas opiniões. Mas não tem nada escrito de prazo… Infelizmente.
      Abs

  63. Olá Maria Helena tudo bem?

    Acabei de ler esse post e estou com uma duvida…
    Li que agora em abril/2019 a lei vai mudar para cônjuges de europeu, permitindo que ele trabalhem full time de um modo mais rápido, ainda não consegui ninguém que me ajudasse a esclarecer como vai funcionar… pretendo ir esse ano ainda mas a questão de só eu trabalhar me assusta.
    Desde já obrigada.

    1. Maria Helena says: Responder

      Ola Danielle, o conjuge de europeu sempre pode trabalhar, o conjuge recebe o Stamp 4 e vive com todos os ‘beneficios’ iguais que um europeu, portanto, sem restricoes para trabalho. O que esta mudando, e para conjuge de pessoa nao europeia com visto de critical skills. Se vc e europeia ou seu conjuge, os dois podem trabalhar normalmente. At.

  64. Amanda Pereira Trucks says: Responder

    Olá Maria!!
    Primeiramente parabéns pelo blog e por todas as informações que nós tem fornecido!
    Gostaria de uma ajuda com relação ao Stamp 4.
    Eu sou cidadão europeia (mas sempre morei no Brasil), sou casada a mais de dois anos (no papel) e gostaríamos de imigrar para Irlanda.
    Eu ainda não tenho inglês fluente, então fechei um curso de 6 meses para mim.
    Agora vem as dúvidas… Meu marido poderá me acompanhar nessa viagem e solicitar o Stamp 4? Ele fala inglês fluentemente e é dá área de TI.
    Nesse caso, nos iremos comprar uma passagem de volta para ele com data de 3 meses, mas, eu preciso de uma passagem de volta (mesmo sendo cidadã?)
    Já teremos lugar para ficar e iremos com uma boa quantia de dinheiro, fora o seguro saúde.
    Diante desse cenário, acha que esse plano é viável? Tem alguma dica para nos passar?
    Muito obrigada!!

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Amanda, tudo bem? Se vc for como estudante e não trabalhar, você pode tentar o Stamp 4 com “recursos próprios”. Isto quer dizer, que vc nao vai trabalhar, mas terá condições de bancar o dependente, seu cônjuge.
      Mas posso falar? Eu faria diferente…
      Se ele é de TI, dependendo da área, dá pra sair do Brasil com emprego e visto. Conheço mtosssss brasileiros nesta condição. A empresa que meu marido trabalha contrata brasileiro demais. Se quiser me mandar um email via contato no blog eu te respondo e podemos falar mais privado sobre isso.
      Aproveite a boa onda de TI na Irlanda.
      Se optarem por estudante pra depois entrar com Stamp 4, sugiro passagem de ida e volta pra ele pelo menos. Pra vc, por ser cidadã, não é tão necessário.
      Abs!

  65. Amanda Pereira Trucks says: Responder

    Olá Maria, obrigada pela dica!
    Gostaria sim de falarmos mais sobre, toda ajuda é bem vinda!
    Meu e-mail é amanda.trucks@gmail.com.
    Muito obrigada!

  66. Olá Maria,
    Parabéns pelo post!
    Uma dúvida será que posso enviar a documentação estando no Brasil e aguardar pela resposta para o visto provisório? Meu marido já esta morando e trabalhando na Irlanda.
    Com relação a certidão de casamento, a tradução juramentada é o suficiente?
    Obrigado

    1. Maria Helena says: Responder

      Olá Mayara,
      Obrigada pelo feedback do post. É muito gostoso saber que estou ajudando as pessoas. 🙂
      O Stamp 4 só deve ser feito a partir do momento que você estiver lá, pois você precisa de contrato de aluguel em seu nome e do seu esposo e também alguma conta no seu nome.
      Eles mesmo pedem que só comece o processo quando estiver in loco.
      Para o Stamp 4, não precisa ser juramente, são apenas copias simples dos documentos.
      Sugiro seguir as recomendações deles.
      Abs

  67. Oi Maria! Tudo bem? Muito bacana seu relato, obrigada! Ia mesmo perguntar se com o visto “provisório” o meu cônjuge poderia trabalhar, essa era minha preocupação, mas acabei de ler sua resposta. Um grande beijo e boa sorte!

Deixe uma resposta