Preparando as malas para a Irlanda

Cada vez que paro para decidir o próximo tema, penso quantas coisas tenho para falar e compartilhar com vocês. Mudar envolve muitas dúvidas, e uma delas é “O que levar na mala para um país com um clima tão diferente”.
Além das dúvidas sobre o que colocar ou não na mala, ainda tem outras como: Quantas malas posso levar? Quantos quilos cada?
Então decidi falar um pouco deste tema, já que as regras de bagagens no Brasil estão agitando os viajantes de plantão.

Bagagem x Cia. Aéreas

Quando eu cheguei aqui, no início do ano de 2017, havia uma regra da ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil, que qualquer vôo saindo do Brasil com destino à Europa dava ao passageiro o direito de despachar 2 malas de 32kg cada. Porém, triste informar, que esta regra mudou e que agora, cada companhia aérea, seja vôos domésticos ou internacionais, tem liberdade para definir a quantidade de malas a ser despachadas e o peso delas. Como estamos falando de regras por companhia aérea, encontrei um link bem legal e completinho de outro blog, o famoso Melhores Destinos que tem prontinha a informação por companhia aérea e a informação estará sempre atualizada.

Dica: Antes de comprar sua passagem aérea, compare preços e confirme aqui  a quantidade de bagagem permitida por cada companhia, já que numa mudança, bagagens são mais que necessárias. E de repente, pagar a bagagem a parte ou pagar excesso saia muito mais caro no fim.

E quanto a mala de mão, como funciona?

Em geral, para passageiros de classe econômica, é permitido levar 1 mala de mão + 1 acessório, que pode ser uma bolsa, uma máquina fotográfica, um guarda chuva, etc.
Quanto às dimensões, a mala de mão não deve ultrapassar 55x35x25 cm e o peso 10kg. Essa é a regra geral, mas novamente, recomendo conferir no mesmo link a informação para evitar surpresas na hora do embarque.

Uma outra dúvida muito comum é sobre o que pode ou não levar na bagagem de mão. No site da ANAC você encontra esta informação bem detalhada, mas preparei um resumo com itens que não são permitidos levar a bordo. Lembrando que alguns itens, nem na bagagem de porão são permitidos, como armas, explosivos, substâncias inflamáveis, tóxicas entre outros. Segue lista dos principais itens não permitidos na bagagem de mão:

Líquido em embalagem superior a 100ml
Facas
Abridores de carta
Talheres de metal
Estilingues
Lâminas de barbear e lâminas em geral
Ferramentas de trabalhadores especializados
Dardos
Tesouras
Lixas de unha de metal (mulherada, chequen suas bolsas para confirmar se sem querer, este item não está indo)
Seringas e agulhas hipodérmicas, a menos que necessárias por motivos médicos e acompanhadas de atestado médico que confirme a necessidade de transporte por causa da condição médica
Agulhas de tricô (você pode querer tricotar no avião… rsrs)
Saca-rolhas
Canetas a laser

Agora que falamos das regras, vamos a parte prática! Preparando as malas!

O que devo levar na mala?

Roupas? Sapatos? Que tipo de roupa devo levar e o que posso deixar pra trás?

Um sentimento que tenho é que, aqui na Europa o estilo de vida é muito mais simples do que estamos acostumados no Brasil. E o que isto tem a ver com malas? Na realidade, esta é uma informação valiosa para preparar uma mala adequada. Como assim? Você vai ver que quando chegar aqui, você passará a viver muito mais ao ar livre e isso inclui andar muito a pé e de transporte público, seja ônibus ou trem. Ah, há aqueles que preferem a bike. Por isso, temos que ter roupas práticas. Traga seus tênis, sapatos sem salto, leggings, moletons, jeans, etc. Você vai usar bastante!

Nao pense que aqui só chove como tanto se ouve por aí, temos dias lindos e cada vez mais quentes pelas mudanças climáticas. Então não se desfaça do seu guarda roupa inteiro. Eu mesma sofri nestes últimos dias, pois não consegui trazer todas as roupas que eu precisava e deixei todas as minhas roupas de verão numa mala para alguém trazer quando viessem me visitar. A visita demorou e chegou somente semana retrasada, então tive que ser criativa para não passar tanto calor, enfim, tivemos dias de 26 graus! Isso é calor ou não é? Portanto, traga seus casacos, seus cachecóis, mas traga também roupas leves, até uma rasteirinha por exemplo. Se você não usar inicialmente na Irlanda, pode usar na Espanha, quando for a passeio, já que as passagens são tão baratas.

Além disso, com certeza, irá de tempos em tempos visitar o solzão do nosso lindo Brasil, e precisará novamente das suas preferidas roupas de praia! Claro, traga somente as peças preferidas, novas, que você realmente irá usar, pois não durará tanto o verão aqui e você não precisa de um closet completo para esta estação. E fique a vontade para repetir quantas vezes você quiser suas roupas, as pessoas não se importam tanto com isso! Ufa, porque enquanto grávida, eu praticamente só tinha duas calças! kkkkkkkk

Vale a pena comprar tudo na Irlanda???

Ouvimos muito também, “Ah não leve nada, deixe para comprar tudo lá, é super barato”. Sim, realmente tem coisas muito baratas, mas considere que numa mudança você gastará muito até a sua vida estar “formada”. Portanto, muito provavelmente, não vai querer ficar comprando muitas coisas e gastando os seus reais, que na conversão atual não vai valer nada. Exemplo, comprar blusas de 10 euros, sairia quase 40 reais no momento, não creio que dá pra comprar 10 blusinhas de uma vez, certo? Primeiro se estabeleça para que suas compras aqui sejam provenientes do seu salário ou de seu esposo (a) em Euro. Desta forma você não verá seu dinheiro do Brasil sumir num piscar de olhos!! É bem normal que inicialmente você “puxe” dinheiro do Brasil e a conversão assusta! Por isso, sugiro não comprar tudo aqui, aproveite o que puder. Não quero dizer para trazer roupas que você já não usa há tempos, aproveite a mudança para doar. Você vai se sentir super leve e feliz!

É lógico que muitos de vocês não tem roupas para o frio daqui, mas não se preocupe, compre aqui um casaco, sobretudo, tem alguns bem baratos, e como você não precisou montar seu guarda roupa completo pois trouxe uma mala cheia, isto não pesará tanto no bolso! 🙂
Eu mesma, em quase 6 meses, somente senti necessidade de comprar uma bota sem salto e um novo tênis, pois como comentei, passamos a caminhar muito mais do que no Brasil, mesmo quando se tem carro, como é o meu caso. Ah, também comprei meias, muitas meias. Não sei o que acontece, mas quando minha mãe e minha amiga vieram, elas também compraram muitas meias coloridas! Lindas e baratas! Você não vai resistir! huahuahua

Remédios

Outra coisa que é legal trazer, remédios que vocês estão acostumados. Nem sempre você encontrará de primeira, um remédio que sirva exatamente para o que precisa, você vai testando até se adaptar ao remédio ideal para um caso de dor de cabeça, dor na coluna, alergia, etc. Portanto, se você tem seus remedinhos preferidos, traga-os também. Calma, não sou nenhuma hipocondríaca, mas valeu a pena trazer alguns remédios que eu e meu marido já estávamos habituados, inclusive vitaminas, principalmente no meu caso que vim grávida. A mudança de alimentação, clima e até a ansiedade podem resultar numa dor de cabeça inesperada, alguma alergia, enfim, é bom precaver.

Traga seus mimos!

Fora suas roupas e sapatos, traga também seus objetos preferidos, um álbum, um porta-retrato, seu amuleto, faça que sua casa aqui na Irlanda seja seu lar doce lar. Tenha um cantinho para sempre lembrar da sua família e de seus momentos deliciosos. Não deixe tudo para trás! Pode ter certeza que só de olhar uma foto ou olhar para seu amuleto da sorte, você se sentirá bem mais rápido em casa novamente!

Acho que estas são as principais dicas sobre o tema. Caso ainda tenham alguma dúvida ou curiosidade, deixem seus comentários!!!

Um grande beijo a todos, boa semana e até o próximo post!

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu email.

2 Replies to “Preparando as malas para a Irlanda”

  1. Muito legal o post! Já fiz intercâmbio em 2012 e agora estou de mudança definitiva para Dublin em Setembro com a minha esposa e estou super ansiosa!!!

    1. Maria Helena says: Responder

      Que legal, Aline! Bem vinda de volta! Se precisar de algo, estamos aí!
      Setembro está pertinho! Logo mais você já estará pelos pubs de Dublin novamente!

Deixe uma resposta